Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/9135
Título: Avaliação da cultura de segurança do doente na consulta externa no centro de otorrinolaringologia no Hospital da Luz (Lisboa)
Autor: Isidoro, Nélia Filipa Alves
Orientador: Eiras, Margarida
Costa-Dias, Maria
Palavras-chave: Qualidade em saúde
Segurança do doente
Avaliação da qualidade
Meio hospitalar
Portugal
Hospital da Luz
Quality in health care
Patient safety
Quality assessment
Hospital
Consulta externa
Otorrinolaringologia
Otorhinolaryngology
ORL
Data de Defesa: 2018
Editora: Instituto Politécnico de Lisboa, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Isidoro NF. Cultura da segurança do doente na consulta externa no centro de otorrinolaringologia no Hospital da Luz (Lisboa) [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2018.
Resumo: A melhoria da prestação dos cuidados de saúde passa pela identificação de oportunidades de redução de despesas, garantindo o acesso a novas tecnologias, com bons resultados processuais e satisfação do cliente. O esforço desenvolvido pelas unidades de saúde para melhorar a qualidade inclui uma avaliação crítica das práticas atuais para que sejam desenvolvidas melhorias nos processos, para que exista uma redução da variação das práticas clínicas e uma otimização do consumo de recursos. A cultura de segurança é o produto de valores individuais e de grupo, de atitudes, de capacidades de perceção, de competências e de padrões de comportamento que determinam o empenho na gestão e segurança de uma organização. A avaliação da perceção dos profissionais sobre a Cultura de Segurança do Doente é essencial para a introdução de medidas de melhoria decorrentes dos resultados, alcançando melhores níveis de segurança e de qualidade nos cuidados prestados aos doentes. Assim, com o objetivo de produzir os primeiros indicadores da avaliação da cultura de Segurança do Doente na organização em estudo e propor sugestões de melhoria, Este estudo descritivo tem como principais objetivos a identificação de pontos fortes e fracos da Cultura de Segurança do Doente, promovendo oportunidades de melhoria com a caracterização da perceção dos profissionais da organização em estudo, A amostra (n=35) é constituída maioritariamente por enfermeiros (54,3%), seguindo-se os médicos (31,4%) e os técnicos superiores de diagnóstico e de terapêutica (14,3%). Observou-se que o trabalho em equipa (dimensão 1) é o ponto forte da organização. As Dimensões 4, 7, 9, 10, 11 e 12 (Aprendizagem organizacional; abertura na comunicação, trabalho entre unidades; dotação de profissionais e resposta ao erro não punitiva, respetivamente) apresentam um resultado final que sugere oportunidades de melhoria.
ABSTRACT - health care assurance allows the identification of opportunities to reduce expenses, guaranteeing access to new technologies, with good processes and customer satisfaction. Opportunities served by health facilities to improve exercise quality represent a reduction in clinical practices and the optimization of resource consumption. Safety culture is the product of individual and group values, attitudes, perceptions, skills and behavioral patterns that determine performance in an organization's management. The measurement of professionals' perception of Safety Culture is essential for the introduction of force measurements, resulting in better levels of safety and quality in patient care. Thus, with the objective of elaborating the first indicators of evaluation of the safety culture of elementary education and proposing the best suggestions for improvement, this study has as main objective the identification of strengths and weaknesses of the Culture of Safety of the Patient, promoting Opportunities of Improvement with the Characterization of Organization Perception in Advanced Studies (A) (n = 35) and majority of nurses (54.3%), followed by physicians (31.4%) and the senior technicians of Diagnosis and Therapeutics (14.3%). It was observed that teamwork (dimension 1) is the strength of the organization. Dimensions 4, 7, 9, 10, 11 and 12 (Organizational Presentation, communication editing, integration of individuals and non-auditory error responses, respectively) present a final result indicating opportunities for improvement.
Descrição: Mestrado em Gestão e Avaliação de Tecnologias em Saúde
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/9135
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação de cultura de seguranca do doente na consulta externa no centro de ORL no Hospital da Luz Lisboa.pdf558,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.