Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/838
Título: Love brands juvenis: fortes relações de cumplicidade
Autor: Pina, Helena Figueiredo
Palavras-chave: Marcas comerciais
Relações psicológicas
Love brands juvenis
Representações imagéticas
Data: 2006
Editora: CPIESCS
Resumo: Este artigo examina a importância que possuem hoje as marcas comerciais junto dos jovens. As suas marcas preferidas, assumem para os indivíduos um forte poder simbólico e uma grande implicação. Mais do que mercadorias comerciais, elas são adoptadas ou rejeitadas pelo universo simbólico que transmitem aos seus públicos, suscitando sentimentos de amor ou ódio. As marcas adoptadas pelos jovens e que estes assumem como preferidas de entre todas as marcas existentes são verdadeiras Love Brands. Com elas estabelecem uma cumplicidade que se traduz em relações psicológica de grande investimento emocional. O segmento da Moda parece possuir entre este grupo um grande poder já que nele investem grande parte das suas preferências. A partir de um inquérito realizado a um conjunto de 219 jovens estudantes de uma instituição de ensino superior público, situada em Lisboa, analisámos as suas preferências e seus factores justificativos no que respeita a marcas comerciais. Acreditamos que explorar as representações imagéticas (relações psicológicas) que estes jovens detêm das suas marcas de eleição é desvendar parte dos seus mapas perceptuais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/838
ISSN: 1646-1479
Aparece nas colecções:ESCS - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo LOVE BRANDS - Rev Com Pub3-1.pdf315,72 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.