Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/6734
Título: Neofobia alimentar infantil: relação com as preferências alimentares e as características parentais
Autor: Salomoni, Letícia
Andrade, Graça
Cunha, Gilda
Furtado, Marline
Lopes, Goreti
Mendes, Lino
Palavras-chave: Nutrição
Neofobia alimentar
Criança
Parentalidade
Hortofrutícolas
Children Food Neofobia Scale
Data: Jan-2016
Citação: Salomoni L, Andrade G, Furtado M, Lopes G, Cunha G, Mendes L. Neofobia alimentar infantil: relação com as preferências alimentares e as características parentais. In: 11º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde, ISCTE-IU, 26-29 de janeiro de 2016. Psicol Saúde Doenças. 2016;16(Suppl):173-4.
Resumo: O consumo de hortofrutícolas é importante na infância para o normal crescimento, prevenindo carências nutricionais e, a longo prazo, o risco de doenças crónicas. O consumo HF na população infantil é inferior às recomendações da OMS. Parece existir uma relação entre as preferências e o consumo. As crianças mais neofóbicas tendem a ter uma alimentação e preferências menos saudáveis. Este trabalho estudou a neofobia alimentar e a sua relação com preferências e o consumo de HF, bem como com variáveis parentais. Estudo transversal por conveniência. Os encarregados de educação de 661 crianças do 1.º ciclo do ensino básico. Os pais completaram o Children Food Neofobia Scale (CFNS) e um questionário para avaliação do consumo e preferências de HF, assim como das variáveis parentais (sociodemográficas, autoeficácia e preocupação). Verifica-se associação negativa entre o grau de neofobia alimentar e o grau de preferência por leguminosas (r=-0,321), legumes (r=-0,380) e frutos (r=-0,354) p<0,01. A neofobia apresenta correlação negativa com a escolaridade dos pais assim como com o rendimento do agregado familiar. Apresenta correlação positiva com a preocupação e negativa com a autoeficácia parental. Os resultados apontam para que a neofobia é uma característica a ser trabalhada nas intervenções com a população infantil. Serão discutidas as implicações teóricas e práticas dos resultados apresentados.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/6734
Versão do Editor: http://11cnps.iscte-iul.pt/sites/default/files/docs/livro_resumos.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Neofobia alimentar infantil.pdf2,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.