Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/5384
Título: El conservadurismo, el secreto y las opciones de financiación de las pyme portuguesas
Autor: Albuquerque, Fábio Henrique Ferreira de
Orientador: Teixeira Quirós, Joaquín
Justino, Maria do Rosário Fernandes
Bastos, João
Palavras-chave: Conservadorismo
Financiamento
PME
Secretismo
Conservatism
Financing
Secrecy
SMEs
Data de Defesa: 2013
Editora: Universidad de Extremadura. Departamento de Economía Financiera y Contabilidad
Citação: ALBUQUERQUE, Fábio Henrique Ferreira de - El conservadurismo, el secreto y las opciones de financiación de las pyme portuguesas. [España]: Universidad de Extremadura. Departamento de Economía Financiera y Contabilidad, 2013. Tese de doutoramento. Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10662/891>.
Resumo: Estudos mais recentes têm procurado analisar as diferenças em torno da estrutura de capital das empresas dos diversos países através da inclusão de variáveis culturais, com base em referenciais teóricos propostos, designadamente, por Hofstede (1980), Schwartz (1994a, 1999) e posteriores desenvolvimentos. O presente estudo pretende analisar as opções de financiamento dos gestores/proprietárias das PME a partir de um ponto de vista que incorpora nessa análise valores culturais, nomeadamente, o conservadorismo e o secretismo. Os dados foram obtidos com recurso a um questionário conduzido aos gestores/proprietários de uma amostra de 1.629 PME Líder em Portugal, bem como a partir da informação contabilístico-financeira relativa aos períodos de 2009 a 2011, tendo-se obtido 438 respostas válidas, a que corresponde uma taxa de resposta de 27%. Com base em técnicas de regressão multivariada, os resultados obtidos identificaram um significativo suporte para a relação negativa (positiva) entre os valores do conservadorismo e do secretismo, analisados em associação, e as opções de financiamento empresarial relacionadas com um maior (menor) risco, ou seja, a contração de endividamento remunerado (não remunerado). Identifica ainda um suporte mais significativo para a seleção das fontes de financiamento por parte dos gestores/proprietários das PME nacionais à luz da teoria do pecking order. Os contributos deste estudo prendem-se, por um lado, com a inclusão de variáveis culturais na análise das opções de financiamento empresarial das PME nacionais e, por outro, e pela análise do endividamento através da sua distinção em torno das suas características (remunerado vs. não remunerado). Pretende-se, assim, que estudos futuros continuem a considerar na análise das opções de financiamento empresarial os fatores culturais e motivacionais que estão na origem de tais opções, tendo em conta ainda as distintas características associadas ao endividamento.
Recent studies have sought to analyze the international differences in capital structure of firms through the inclusion of cultural variables, based on theoretical frameworks proposed, namely, by Hofstede (1980), Schwartz (1994a, 1999) and subsequent developments. This paper is intended for analyzing the financing options of SMEs (small and medium-sized enterprises) managers/owners from a standpoint which incorporates to this analysis some cultural values, namely, conservatism and secrecy. Data were obtained by applying a questionnaire to managers/owners of a sample composed by 1,629 SMEs in Portugal, as well as from accounting and financial information related to the period from 2009 to 2011. It was obtained 438 valid answers, corresponding to a response rate of 27%. Based on multivariate regression techniques, the results identified a significant support to the negative relation between conservatism and secrecy in association, and the entrepreneur financing options associated to a greater risk (debt with costs), as well as a more significant support when domestic SMEs managers/owners choose financing sources based on the pecking order theory. The contributions of this study are related, on the one hand, with the inclusion of cultural variables in the analysis of entrepreneur financing options of domestic SMEs, and on the other hand with the analysis of debt through their distinct characteristics (debt with costs vs. debt without costs). It is intended that future studies continue to consider in the analysis of entrepreneur financing options the cultural and motivational factors that give rise to such options, also taking into account the different characteristics associated with the debt.
Descrição: Doutoramento em Economia Financeira e Contabilidade
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/5384
Versão do Editor: http://hdl.handle.net/10662/891
Aparece nas colecções:ISCAL - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Doc1.pdf108,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.