Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/5345
Título: Estudo exploratório sobre as representações dos pais relativamente à educação em creche
Autor: Assis, Mónica
Palavras-chave: Representações dos pais
Creche
Relação escola-família
Parents representations
Child care
Family-day care relationship
Data: 2014
Editora: Escola Superior de Educação de Santarém
Resumo: Tendo em conta o aumento do número de estruturas de apoio à primeira infância, particularmente, a expansão da creche, a investigação tem-se debruçado sobre as questões da qualidade. A generalidade dos estudos centra-se na discriminação das dimensões de qualidade e, raramente, a representação dos pais sobre a creche (e sua qualidade) tem sido alvo de estudo. Partindo do pressuposto que a discussão sobre a qualidade da creche deve ser baseada na evidência empírica mas também é uma construção social baseada nos valores e representações dos seus atores, fomos ouvir os pais. Assim, quisemos conhecer: Como escolhiam a creche do seu filho(a)? Qual o seu conceito de qualidade? Que valor atribuem às experiências vividas pelos seus filhos ou filhas na creche? Que representação têm do papel do profissional de educação? Para o efeito, entrevistamos 20 pais sobre as suas Representações acerca da Creche num estudo exploratório e qualitativo. Os entrevistados foram na maioria dos casos mães (18 em 20) de crianças entre os 8 e os 32 meses (M = 21,65; 9 meninas, 11 meninos; 13 primogénitos). De modo geral, o estudo revelou que os pais valorizam a creche como espaço de promoção do desenvolvimento da criança; valorizam a dimensão afetiva do trabalho em creche; as educadoras como profissionais qualificados de educação e desejam uma relação estreita, aberta e respeitosa entre a creche e a família.
Abstract Taking into account the increasing number of early childhood care services, particularly the expansion of day care, research has been addressing the issues of day care quality. The majority of studies are focuses on how the quality of day care affects child development. However, the parents view rarely has been studied. Taking that the debate of child care quality should be grounded on empirical evidence but also on social values and representations of its actors, we decide to investigate parent’s representation about day care. Therefore, we aim to study: How parents choose their child daycare (a)? What is the parent’s approach about day care quality? What value is attributed by parents to their children experiences in day care? What are their representations about preschool teachers role and performance? For that purpose a sample of 20 parents with children in day care was gathered. In this qualitative study, 18 mothers and 2 fathers were interviewed. Children were about 22 months (21,65) from 8 to 32 months (9 girls, 11 boys; 13 first born). Overall, the study revealed that parents value day care as a setting to promote child development; parents value the infant-day-care-teachers affective relationship; teacher’s professional qualification and look for a close and open relationship with teachers.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/5345
ISSN: 1646-2335
Versão do Editor: http://revistas.rcaap.pt/interaccoes/article/view/4028/3018
Aparece nas colecções:ESELx - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Estudo exploratório sobre as representações dos.pdf229,27 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.