Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/5300
Título: Um estudo sobre práticas colaborativas em Intervenção precoce no contexto jardim de Infância/pré-escolar
Autor: Fernandes, Delina das Dores Moniz
Orientador: Fuertes, Marina
Palavras-chave: Intervenção precoce
Práticas colaborativas
Família
Early intervention
Professional partnership
Family
Data de Defesa: Dez-2011
Citação: Fernandes, D. D. M.. (2011). Um estudo sobre práticas colaborativas em Intervenção precoce no contexto jardim de Infância/pré-escolar [Dissertação de mestrado] Escola Superior de Educação de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa
Resumo: O presente estudo pretende averiguar, como são implementadas as práticas de Intervenção Precoce (IP), e particularmente, como colaboram educadores de infância, técnicos e famílias, numa comunidade da Região Autónoma da Madeira. Nesse sentido procurámos: i) conhecer as concepções dos educadores e dos técnicos de IP sobre o trabalho em equipa e para a promoção do trabalho em contexto; ii) estudar as formas de intervenção e avaliação colaborativas existentes entre as Educadoras, os técnicos de educação especial e os pais para a promoção do desenvolvimento da criança e sua qualidade de vida; iii) averiguar como é que o trabalho entre as educadoras, técnicos e pais se reflecte no apoio às crianças com Necessidades Educativas Especiais na sala de actividades. Para o efeito, foram realizadas 16 entrevistas a técnicos de IP (oito educadoras do ensino regular, quatro docentes especializadas e quatro técnicos). Bem como, efectuamos inquéritos por questionário a 11 famílias que correspondia à totalidade de crianças apoiadas pelos serviços de Intervenção Precoce. Em termos gerais, constatou-se que a equipa procura envolver os vários intervenientes (técnicos e famílias) nas práticas e actuar nos contextos de vida da criança, tal é expresso na opinião dos profissionais. Contudo, a análise dos Planos Individualizados de Apoio à Família (PIAF) revela que as intervenções são, na maioria dos casos, dirigidas à criança. Não obstante, na componente relacional os técnicos descrevem práticas apoiadas numa relação próxima com a família. Os profissionais assinalam a preocupação de estimular a confiança das famílias nas suas competências. De uma forma global as famílias mostram-se satisfeitas com a intervenção e com o trabalho desenvolvido pelos técnicos na promoção do desenvolvimento da criança. Embora a família seja ouvida na definição de objectivos de intervenção, a análise dos PIAF’s sugere que este, não é como se prevê, um verdadeiro instrumento da família integrador da sua activa participação. Os Projectos Curriculares de salas do jardim de infância fazem menção a actividades nas quais os pais participam e a momentos de reunião para trocas de informação embora não incluam actividades definidas e concebidas pelas famílias. Finalmente, do ponto de vista do trabalho em equipa, os profissionais desta equipa reúnem-se mensalmente e descrevem formas de trabalho em equipa próximas do modelo colaborativo.
ABSTRACT We intend to study Early Intervention (EI) practices particularly we want to study how preschool teachers, EI professionals and families work in partnership in a specific community of the Região Autónoma da Madeira. Therefore, we aim to: i) study preschool teachers and professionals views about intervention on child life contexts; ii) study transdisciplinary practices and parents-professional collaboration in order to promote child development and life quality; iii) research professional and parents types of partnership. For this purpose, 16 interviews were performed to EI professional. Moreover, 11 families and their infants with special needs were enrolled in the study and their satisfaction about early intervention services was accessed. According to professionals these team seeks to involve all team members (professionals and families) in their practices, and perform intervention on child’s life contexts. The analysis of the Individualized Family Support Plan (IFSP) reveals that the many plans are child centered. Nevertheless, professional describe a close and open relationship with the family that support practices. The professionals point out that they are concern to foster families’ confidence. Overall the families are satisfied with the intervention and believe that professionals interventions a key element in promoting their child development. Each Preschool Curriculum Projects mention activities in which parents participate, meetings to exchange information with parents, although families don’t take part on decisions making related with school activities. In terms of teamwork, the professionals in this team gather monthly and work in partnership model.
Descrição: Dissertação em Ciências da Educação- Especialidade Educação Especial
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/5300
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.