Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/5220
Título: “Amizade é…felicidade (Freng, 5 anos)”. As relações sociais entre crianças no quotidiano do Jardim de Infância
Autor: Cunha, Mariana Palma Rodrigues
Orientador: Tomás, Catarina Almeida
Palavras-chave: Prática profissional supervisionada
Amizade
Criança
Educação de infância
Culturas da infância
Professional supervised practice
Children
Friendship
Early childhood education
Peer cultures
Data de Defesa: Jul-2015
Resumo: Tendo em conta que, para as crianças, a amizade é um valor fundamental, nem sempre fácil de alcançar (Trevisan, 2007), proponho-me, neste relatório, a partilhar as descobertas efetuadas, com as crianças da Sala 2, de um Jardim-de-Infância (JI), na cidade de Lisboa, sobre os enredos da cultura de pares instituída, bem como sobre as conceções e significados atribuídos, pelas crianças, no âmbito das relações que estabelecem. No presente Relatório, começo por caraterizar, de forma reflexiva, os contextos educativos onde decorreu a minha intervenção, enquanto educadora-estagiária, e analiso a minha prática, em Creche e JI, no âmbito da unidade curricular Prática Profissional Supervisionada (PPS). Pretendo, ainda, partilhar o caminho percorrido em torno da problemática central: a amizade entre as crianças, no quotidiano do jardim-de-infância. Para operacionalizar a investigação proposta, optou-se por uma metodologia qualitativa, onde recorri a três técnicas principais: a observação, que decorreu no período de 8 de janeiro a 13 de fevereiro (creche) e 19 de fevereiro a 29 de maio (JI), a entrevista e a consulta documental. Os dados recolhidos foram analisados à luz de duas áreas fulcrais: a pedagogia da infância e a sociologia da infância. A investigação realizada sobre a amizade entre as crianças aponta para um processo complexo, diversificado, implicando determinados requisitos, que envolvem dimensões diferenciadas de criança para criança. Nas relações que estas estabelecem, há distinção entre diferentes tipos de amigos e diversos graus de intimidade e interações. Por fim, foi ainda identificada a reciprocidade como um fator fundamental nas relações estabelecidas entre as crianças.
ABSTRACT Friendship is a fundamental value for children, but not always easy to achieve. In this report, I want to share the discoveries made with the children of “Sala 2”, about their peer cultures, as well as their conceptions and meanings about the relationships among the group. I begin by presenting, in a reflexive and theoretically supported way, my educational intervention in two educational contexts: childcare and kindergarten. Furthermore, I want to share the investigation process about friendship between children in kindergarten. This research is based on qualitative methodology and involves three main techniques: observation, which took place in the period from January 8 to February 13 (childcare) and 19 February to 29 May (kindergarten), the interview and document research. The collected information was analyzed based on two key areas: childhood pedagogy and sociology of childhood. The research indicates that friendship by children is a complex, diverse process that implies certain requirements, involving different dimensions from child to child. And, in their relations, they distinguish different types of friends. Besides that, this research also indicates that reciprocity is an essential factor in the relationships between children.
Descrição: Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/5220
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ESELx Mariana Palma Rodrigues Cunha_tm.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.