Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/5046
Título: Relevância da assertividade na comunicação profissional de saúde-paciente
Outros títulos: Relevance of assertiveness in health care professional-patient communication
Autor: Grilo, Ana Monteiro
Palavras-chave: Relação médico-doente
Comunicação
Assertividade
Doctor-patient relationship
Communication
Assertiveness
Data: 2012
Editora: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Citação: Grilo AM. Relevância da assertividade na comunicação profissional de saúde-paciente. Psicol Saude Doenças. 2012;13(2):283-97.
Resumo: Actualmente existem evidências suficientes sobre os problemas de comunicação entre profissionais de saúde e pacientes e os benefícios de uma comunicação eficaz. Alguns autores chegam mesmo a considerar a comunicação como a ferramenta mais importante nos cuidados de saúde. Desde o início dos anos 90, as escolas médicas têm aumentado o interesse no ensino de competências comunicacionais; contudo, e não obstante este interesse crescente, a comunicação assertiva parece ser votada ao esquecimento. Na verdade, enquanto a assertividade tem recebido atenção crescente na literatura da Psicologia, os profissionais de saúde têm-se mostrado relutantes em aderir a esta área do saber, sendo os treinos assertivos para cuidadores ainda muito escassos. O objectivo deste trabalho é apresentar uma visão geral da assertividade e dos contributos desta para a comunicação eficaz dos profissionais de saúde com os pacientes e apontar seis temáticas específicas (por exemplo, lidar com reacções emocionais excessivas; elaborar pedidos) que devem integrar os treinos de comunicação para estudantes da área da saúde e profissionais de saúde.
ABSTRACT - A substantial body of evidence has been accumulated about the problems of communication between health care professionals and patients and the benefits of good communication. Some authors even considered communication the most import tool in health care. Since the early nineties, medical schools has increased the interest in communication skills teaching, but, despite this growing interest, limited attention is played on the assertive communication skills. Yet, while assertion training received increasing attention in the psychological literature, health professionals has been reluctant to support this learning and assertiveness training for caregivers is scarce. The aim of this paper is to present the contributions of assertive communication to more effective health care professionals communication and point out six specific themes (e.g., handling excessive feeling; making request) that should integrated communication skills training for students and health care professionals.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/5046
ISSN: 1645-0086
Versão do Editor: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?pid=S1645-00862012000200011&script=sci_arttext
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relevância da assertividade na comunicação profissional de saúde-paciente.pdf279,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.