Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4915
Título: Políticas e modelos de gestão em unidades de fisioterapia: estratégias para a mudança
Outros títulos: Politics and management models in physiotherapy units: strategies for change
Autor: Florindo, Margarida Maria Esteves
Orientador: Sousa, António João de
Silva, Carlos Alberto da
Palavras-chave: Gestão de serviços de saúde
Fisioterapia
Gestão estratégica
Gestão da mudança
Healthcare management
Physiotherapy
Strategic management
Change management
Data de Defesa: Nov-2007
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Florindo MM. Políticas e modelos de gestão em unidades de fisioterapia: estratégias para a mudança [Dissertation]. Évora: Universidade de Évora; Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2007.
Resumo: Esta dissertação foi desenvolvida, assentando no pressuposto de que os novos paradigmas de gestão estratégica podem contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços prestados nas unidades de fisioterapia. Num ambiente interno de estabilidade e de flexibilidade, pesa a política e a “energia” transmitida pelo modelo de gestão, assim como a força das competências e a motivação dos profissionais. Objectivo geral: identificação e caracterização de um processo de mudança estratégica na gestão das unidades de Fisioterapia. Objectivos específicos: 1) diagnosticar os modelos de gestão existentes; 2) diagnosticar a cultura profissional, o nível de motivação e de autonomia evidenciados; 3) identificar os factores críticos de sucesso e as competências necessárias para uma gestão mais eficiente e eficaz; e 4) identificar as bases para um novo modelo de gestão. A metodologia utilizada, enquadrando-se nas características de um estudo exploratório e descritivo, aplica o designado método de Estudo de Caso, na exploração de dois casos concretos. O diagnóstico externo e interno realizados a dois serviços/unidades de fisioterapia puseram em evidência os traços mais marcantes dos modelos de gestão existentes. Os resultados das análises permitiram identificar oportunidades específicas, baseadas na dinâmica e cultura organizacionais e nos níveis de motivação e autonomia dos profissionais de fisioterapia, constituindo a plataforma de uma proposta de linhas orientadoras, para um modelo alternativo de gestão, com a explicitação de medidas concretas de acção estratégica e dos factores que se consideram críticos para o seu sucesso.
ABSTRACT - This thesis is based on the assumption that new paradigms of strategic management can contribute to improving the quality of services provided by physiotherapy units. The policy and “energy” transmitted by the management model, as well as professionals’ skills and motivation carry great weight in an internal environment of stability and flexibility. Main purpose of this work is therefore to identify and describe a process of strategic change in the management of physiotherapy units. Several specific goals: 1) the diagnosis of the existing management models in these units, 2) the diagnosis of the professional culture, motivation and levels of autonomy observed, 3) the identification of critical success factors and the skills required for more efficient and effective management, and 4) the identification of the foundations for a new management model. The so-called Study Case method is the chosen methodology in which two specific cases are explored and described. Both the external and the internal diagnosis of two physiotherapy services/units, clearly demonstrated the most significant features of the existing management models. An analysis of the result contributes to the identification of specific opportunities arising from the functional dynamics, organizational culture and the levels of motivation and autonomy of physiotherapy professionals. These are a platform for proposed guidelines for an alternative management model, and the specification of strategic measures considered critical for its success.
Descrição: Mestrado em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde - Área de especialização: Políticas de Administração e Gestão de Serviços de Saúde
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4915
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Políticas e modelos de gestão em unidades de fisioterapia.pdf824,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.