Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4643
Título: Influência dos métodos de correção de atenuação na quantificação da função renal relativa em cintigrafia renal com 99mTc-DMSA
Outros títulos: Relative renal function estimate by renal scintigraphy with 99mTc-DMSA: influence of attenuation correction methods
Autor: Amaro, Andreia
Silva, H.
Santos, A. I.
Carolino, Elisabete
Vaz, Tânia
Vieira, Lina
Palavras-chave: Medicina nuclear
Profundidade renal
Cintigrafia renal
Método Raynaud
Método Taylor
Método Tonnesen
Média geométrica
99mTc-DMSA
Nuclear medicine
Kidney depth
Renal scintigraphy
Raynaud's method
Taylor's method
Tonnesen's method
Geometric mean
Data: Mai-2015
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Amaro A, Silva H, Santos AI, Carolino E, Vaz T, Vieira L. Influência dos métodos de correção de atenuação na quantificação da função renal relativa em cintigrafia renal com 99mTc-DMSA. Saúde & Tecnologia. 2015;(13):5-12.
Resumo: Introdução – A estimativa da função renal relativa (FRR) através de cintigrafia renal (CR) com ácido dimercaptossuccínico marcado com tecnécio-99 metaestável (99mTc-DMSA) pode ser influenciada pela profundidade renal (PR), atendendo ao efeito de atenuação por parte dos tecidos moles que envolvem os rins. Dado que raramente é conhecida esta mesma PR, diferentes métodos de correção de atenuação (CA) foram desenvolvidos, nomeadamente os que utilizam fórmulas empíricas, como os de Raynaud, de Taylor ou de Tonnesen, ou recorrendo à aplicação direta da média geométrica (MG). Objetivos – Identificar a influência dos diferentes métodos de CA na quantificação da função renal relativa através da CR com 99mTc-DMSA e avaliar a respetiva variabilidade dos resultados de PR. Metodologia – Trinta e um pacientes com indicação para realização de CR com 99mTc-DMSA foram submetidos ao mesmo protocolo de aquisição. O processamento foi efetuado por dois operadores independentes, três vezes por exame, variando para o mesmo processamento o método de determinação da FRR: Raynaud, Taylor, Tonnesen, MG ou sem correção de atenuação (SCA). Aplicou-se o teste de Friedman para o estudo da influência dos diferentes métodos de CA e a correlação de Pearson para a associação e significância dos valores de PR com as variáveis idade, peso e altura. Resultados – Da aplicação do teste de Friedman verificaram-se diferenças estatisticamente significativas entre os vários métodos (p=0,000), excetuando as comparações SCA/Raynaud, Tonnesen/MG e Taylor/MG (p=1,000) para ambos os rins. A correlação de Pearson demonstra que a variável peso apresenta uma correlação forte positiva com todos os métodos de cálculo da PR. Conclusões – O método de Taylor, entre os três métodos de cálculo de PR, é o que apresenta valores de FRR mais próximos da MG. A escolha do método de CA influencia significativamente os parâmetros quantitativos de FRR.
ABSTRACT: Introduction – The estimate of relative renal function (RRF) through scintigraphy with dimercaptosuccinic acid labelled with Technetium-99 metastable (99mTc-DMSA) may be influenced by kidney depth (KD), due to attenuation by soft tissue surrounding the kidneys. Considering that rarely this KD is known, several methods for attenuation correction (AC) have been developed, namely those using empirical formulae, such as Raynaud, Taylor or Tonnesen methods, or by direct calculation of the geometric mean (GM). Objectives – To identify the influence of different AC methods on RRF estimate by scintigraphy with 99mTc-DMSA and to evaluate the respective KD variability. Methods: Thirty-one patients were referred for 99mTc-DMSA scintigraphy and underwent the same acquisition protocol. Processing was performed by 2 independent operators, three times per exam, changing for the same processing the methods for the FRR determination: Raynaud’s method, Taylor’s method, Tonnesen´s method, GM and without AC (WAC). Friedman’s test was used to identify the influence of the different AC methods on RRF estimate and Pearson’s correlation test was used to evaluate the association and significance between KD and the variables age, weight and height. Results – Friedman’s test indicated that there were significant differences between methods (p=0.000), except for WAC/Raynaud, Tonnesen/GM and Taylor/GM (p=1.000) comparisons, for both kidneys. Pearson’s test showed a strong positive correlation between weight and the three methods of KD estimation. Conclusions – Taylor’s method, regarding the three methods of KD calculation, is the closest to GM. The choice of the attenuation correction method influences significantly the quantitative parameters of FRR.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4643
ISSN: 1646-9704
Versão do Editor: https://web.estesl.ipl.pt/ojs/index.php/ST/article/view/1154
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Influência dos métodos de correção de atenuação na quantificação da função renal.pdf803,69 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.