Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4423
Título: Teatro e igualdade de género : uma intervenção social e artística : relatório de estágio
Autor: Ferreira, Sílvia Pinto
Orientador: Vasques, Eugénia
Oliveira, Catarina Sales (coorientação)
Palavras-chave: Teatro e comunidade
Igualdade de género
Empowerment
Mulheres
Teatro aplicado
Gender equality
Applied theatre
Women
Data de Defesa: Out-2014
Editora: Escola Superior de Teatro e Cinema
Resumo: O presente Relatório de Estágio tem como objecto de pesquisa a concepção e monitorização de duas Oficinas de Teatro dirigidas a dois grupos de mulheres constituídos, respectivamente, por estudantes universitárias e desempregadas. O estágio realizou-se entre Novembro/2013 e Junho/2014 na Quarta Parede - Associação de Artes Performativas da Covilhã e inseriu-se nos Empowerment Labs, laboratórios formativos que cruzam artes performativas e ciências sociais na reflexão e intervenção sobre a igualdade de género com foco no desemprego feminino. Este relatório expõe os três momentos do processo do estágio: pesquisa de referenciais teórico-práticos, concepção e monitorização das Oficinas de Teatro e reflexão a partir da prática laboratorial. Na pesquisa de referenciais, essencial para delinear a metodologia operacional e o programa de conteúdos, explorei dimensões como o feminismo e a igualdade de género, e procurei compreender de que forma o empowerment, a pedagogia de Paulo Freire e as metodologias do teatro aplicado serviam os objectivos do meu trabalho. A realização das oficinas foi o momento de experimentar as metodologias e o programa delineado. Tendo a igualdade de género como temática unificadora, o empowerment através da arte como objectivo maior e o teatro aplicado como base metodológica, as oficinas inserem-se nos processos de educação não-formal aplicados ao incremento de recursos intelectuais, emocionais, sociais, expressivos e criativos e, neste caso específico, à ampliação da consciência de género. Neste sentido, as oficinas desenvolveram uma abordagem metodológica processual, participativa e multidisciplinar, orientada para a pesquisa performativa, primeiro de uma dramaturgia individual, depois de uma dramaturgia do colectivo e, por fim, de uma dramaturgia orientada para a igualdade de género. O conceito de “dramaturgia” surge aqui no sentido metodológico do pachwork (trabalho com retalhos) e do sampling (recolha e transformação de materiais), relevante sobretudo na última fase, dedicada à construção colectiva de um exercício performativo apresentado publicamente.
ABSTRACT - This Stage Report has as object of research the design and monitoring of two Theatre Workshops aimed at two groups of women, university students and unemployed. The stage was held between November/2013 and June/2014 at Quarta Parede-Association of Performing Arts of Covilhã and inserted in the Empowerment Labs, training laboratories crossing performing arts and social sciences in reflection and action on gender equality with focus on female unemployment. This report comprises the three momentes of the stage process: research theoretical and practical frameworks, design and monitoring of Theatre Workshops and reflection from laboratory practice. In search of theoretical and practical frameworks, essential to devise the operational methodology and program contents, I explored dimensions such as feminism and gender equality, and tried to understand how the empowerment, the Paulo Freire pedagogy and applied theater methodologies served the objectives of my work. The realization of workshops was time to test the methodologies and the program designed. Having gender equality as unifying theme, empowerment through art as the most objective and applied theater as methodological basis, the workshops fit into the non-formal education processes applied to the increment of intellectual, emotional, social, expressive and creative resources and, in this particular case, to the expansion of gender awareness. In this sense, the workshops took a procedural methodological approach, participatory and interdisciplinary, turned towards the performative research, first in a personal dramaturgy, after a collective dramaturgy and, finally, a gender equality dramaturgy. “Dramaturgy” here comes the methodological sense of pachwork and sampling (collection and processing of materials), particularly evident in the last phase, dedicated to building a collective performative exercise presented publicly.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4423
Aparece nas colecções:ESTC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Teatro e Igualdade de Género. Teatro e Comunidade..pdf24,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.