Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/430
Título: Desenvolvimento de uma linha de metropolitano ligeiro entre as linhas ferroviárias de Cascais e Sintra: "Metro de Oeiras"
Autor: Lima, Diogo Jorge Pedroso Tenente
Palavras-chave: Ano 0
Ano -14
Ano-8
Ano 30
Atacadeira pesada
Atracção de população
Carril de gola
Carril vignol
Frequência
Movimentos pendulares
Park&ride
Peças de reserva
Período corpo do dia
Período nocturno
Período ponta da manhã
Período tarde
Parque de material e oficinas (PMO)
Repulsão de população
Tempo de rotação
Travessa bi-bloco
Velocidade média
Zonamento
Data de Defesa: Out-2008
Resumo: Nos últimos anos tem-se constatado um agravamento da mobilidade em Agualva- Cacém e nas áreas envolventes ao eixo definido pela EN249-3. No desenvolvimento da linha de metro ligeiro considerou-se como objectivo prioritário a definição dum espaço canal e das respectivas infra-estrururas associadas, de forma a assegurar uma boa interligação das Linhas de Sintra e de Cascais e a conexão aos pólos tecnológicos TagusPark, Lagoas Park e Quinta da Fonte, abrangendo uma zona de influência significativa. A construção de “park & ride” junto às estações de metro ligeiro vai fomentar a transferência do transporte individual para o transporte colectivo contribuindo para a melhoria de qualidade de vida em zonas muito congestionadas e com elevados índices de poluição. Na elaboração do projecto foram superadas as dificuldades de inserção nas zonas com alta densidade e com orografia caracterizada por vales profundos. A linha tem uma extensão de 16,8 km em sítio próprio, com 23 estações e será explorada com 22 composições de 310 lugares, realizando o tempo de percurso de 25 minutos entre Oeiras e o Tagus Park ou entre Cacém e o Tagus Park. Para a concretização deste projecto foi estimado um investimento de 402 milhões de euros, incluindo a aquisição de material circulante em três fases. O custo da manutenção e exploração será de 12 milhões de euros/ano. A linha de metro ligeiro servirá cerca de 201 mil pessoas na sua área envolvente (a uma distância de 450m do eixo) e transportará 32 milhões de passageiros no Ano 0 e 54 milhões no Ano 30. O custo por passageiro transportado será de 0,74€ no Ano 0 e de 0,50€ no Ano 30.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/430
Aparece nas colecções:ISEL - Eng. Civil - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação.pdf6 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 1-A3-C-10p.pdf4,2 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 2-A3-PB-17p.pdf729,76 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 3-A4-C-9p.pdf171,11 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 4-A4-C-8p.pdf1,26 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 5A-A4-C-2p.pdf530,55 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 5B-A4-C-16p.pdf3,78 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 6-A4-C-3p.pdf143,94 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo 7-A4-PB-20p.pdf213,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.