Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4292
Título: Intervenção para a segurança do doente: análise dos obstáculos existentes na transferência de informação durante a passagem de turno de enfermagem
Outros títulos: Healthcare intervention for user safety: analysis of information transfer obstacles during nursing shift handover
Autor: Afonso, Pedro Gonçalo Bento da Silva
Orientador: Fernandes, Manuel Agostinho Matos
Silva, Carlos Alberto da
Palavras-chave: Segurança do doente
Cuidados de enfermagem
Passagem de turno
Qualidade em saúde
Patient safety
Nursing care
Handover
Quality in health care
Data de Defesa: Set-2010
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Afonso PG. Intervenção para a segurança do doente: análise dos obstáculos existentes na transferência de informação durante a passagem de turno de enfermagem [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; Universidade de Évora; 2010.
Resumo: O objectivo geral deste estudo foi compreender a percepção dos enfermeiros prestadores de cuidados sobre a eficácia do momento de passagem de turno no Hospital de São Francisco Xavier e que medidas poderiam ser implementadas neste processo de trabalho para a melhoria da segurança do utente. O referencial teórico faz alusão ao tema da segurança do utente e à sua relação com a qualidade de cuidados. Aborda o conceito de erro em cuidados de saúde e a forma como o mesmo deve ser entendido e gerido, aborda também o papel da enfermagem para a segurança do utente e a relação de estreita ligação existente entre o processo de passagem de turno e a manutenção da segurança do utente. Relativamente ao método de colheita de dados, optamos pela utilização de uma metodologia quantitativa mas com recurso à utilização de uma abordagem qualitativa em momentos específicos da análise. Neste estudo participaram 132 enfermeiros prestadores de cuidados. Da recolha de dados emergiu a noção de que a passagem de turno nesta instituição tem uma duração média de 41 minutos, sendo o método escrito o mais utilizado para a transferência de informação (40,2%). Os enfermeiros referem que os métodos actualmente utilizados são eficazes no assegurar da continuidade de cuidados (93%) correspondendo a informação transmitida, maioritariamente, a um relato das ocorrências passadas no turno anterior. O enfermeiro responsável pelo utente é o emissor mais frequente da informação transmitida (85%) e o momento de passagem de turno tem lugar, de forma predominante, em locais/sala adaptados a outros fins que não a passagem de turno (44%). Foi possível compreender que os componentes mais importantes para a eficácia da passagem de turno são, segundo a percepção dos enfermeiros prestadores de cuidados: a Oportunidade da Informação (alpha=0,720); a Oportunidade para a reflexão partilhada (alpha=0,843) e o Envolvimento do utente (alpha=0,757). A análise dos dados qualitativos permitiu determinar que os factores positivos mais relevantes para a passagem de turno são os factores semânticos; os factores negativos mais relevantes são os factores fisicos. Os dados colhidos permitiram ainda auferir medidas de aplicação ao contexto prático. Utilizando os resultados obtidos através deste estudo realizamos uma proposta de intervenção para a instituição em causa.
ABSTRACT - The purpose of this study was to understand the perception of nursing care providers about the effectiveness of the handover at the Hospital de São Francisco Xavier, and what measures could be implemented in the process to improve safety for the user. The theoretical framework refers to the issue of user safety and its relationship to quality of care. Discusses the concept of error in health care and how it should be understood and managed, it also addressed the role of nursing for the safety of healthcare and the relationship of the dose link between the process of shift handover and maintenance of user safety. For the method of data collection, we chose to use a quantitative methodology but with the use of qualitative methodology in different stages of analysis. This study enrolled 132 nurses care providers. The collection of data has emerged the notion that the shift handover this institution has an average duration of 41 minutes, and the method used to the transfer of information could be described has “written” (40.2%). The nurses report that the methods currently used are effective in ensuring the continuity of care (93%). The nurse responsible for the user is the most common transmitter of information transmitted (85%) and when to shift handover takes place, so prevalent in place/room adapted for purposes olher than the passage of the shift (44%). It was possible to understand that the most important components for effective shift handover are, in the perception of nursing care providers: the opportunities of the information (alpha=0.720), the opportunity for shared reflection (alpha=0.843) and involvement of user (alpha=0.757). The analysis of qualitative data revealed that the positive factors most relevant to the passage of the shift are the semantic factors. The most important negative factors are physical factors. The data collected also allowed to attain measures that could be implemented in the practical context. Using the results obtained in this study we conducted an intervention proposal for the institution concerned.
Descrição: Mestrado em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde - Ramo de especialização: Políticas de Administração e Gestão de Serviços de Saúde
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4292
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Intervenção para a segurança do doente.pdf256,03 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.