Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4285
Título: Ambientes favoráveis à prática de cuidados de enfermagem: factores determinantes
Outros títulos: Positive practice environments for nursing care: determinant factors
Autor: Almeida, Maria Helena Ferreira de
Orientador: Silva, Carlos Alberto da
Fernandes, Manuel Agostinho Matos
Palavras-chave: Cuidados de enfermagem
Qualidade em saúde
Condições de trabalho
Nursing care
Quality in health care
Working conditions
Data de Defesa: 2010
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Almeida MH. Ambientes favoráveis à prática de cuidados de enfermagem: factores determinantes [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; Universidade de Évora; 2010.
Resumo: A qualidade do ambiente de trabalho dos profissionais, nas organizações de saúde, contribui para a qualidade dos cuidados e serviços prestados e para a excelência do desempenho. O International Council of Nurses denominou os ambientes promotores da excelência como ambientes favoráveis à prática. Os lideres e gestores destas organizações devem conhecer os factores determinantes desses ambientes, de forma a proporcionar as condições que obviem o exercício, profissional de qualidade. Descrever os factores estratégicos que determinam a existência de um modelo de desenvolvimento organizacional baseado em ambientes favoráveis à prática de cuidados de enfermagem em contexto hospitalar constitui-se como objectivo geral desta investigação. Trata-se de um estudo descritivo-correlacional, recorrendo a um inquérito por questionário, sendo a população alvo enfermeiros. Foi obtido um conjunto de padrões factoriais que caracterizam o perfil de factores críticos de sucesso em ambientes favoráveis à prática dos enfermeiros: Organização [práticas de gestâo; estruturas de apoio; políticas de recur~s humanos; políticas de gestão de erros; condições para captação de recursos humanos; dotações seguras]; Enfermeiro (gestão e liderança; comunicação organizacional; ética e deontologia profissional; educação e desenvolvimento profissional]; Governo [políticas do governo]; Associação Profissional/Ordem dos Enfermeiros (OE) [orientações para a profissão; controlo da profissão]. Evidenciou-se, ainda, que existe diferença de percepção entre os enfermeiros gestores e prestadores de cuidados sobre os factores que determinam o ambiente favorável à prática de cuidados e que os diferentes contextos de prestação de cuidados (internamento, urgência e ambulatório) não influenciam a percepção que os enfermeiros detêm sobre esses factores.
ABSTRACT - The quality of the work environment for professionals, in health organizations, contributes to the quality of care and services as well as excellence in performance. The International Council of Nurses entitled the environments that lead to that excelience as Positive Practice Environments. The leaders and managers of these organizations should know the determinant factors of those environments, in order to provide conditions that will support a high quality practice. To describe the strategic factors that determine the existence of an organizational development model based on positive practice environments for nursing care in a hospital environment is the primary objective of this research. Tbis is a descriptive-correlative study based on a questionnaire, being the target population nurses. We obtained a set of factorial standards that characterize lhe profile of successful critical factors in positive practice environments for nursing care: Organization [management practices, support structures, human resource policies, fault management policies; conditions for obtaining human resources, safe donations], Nurses [management and leadership, organizational communication; professional ethic; education and professional development]; Govemment [government policies]; Professional Association / Nurses National Council (OE) [profession guidelines; profession control]. It was evident also lhat there is difference in perception between nursing managers and care providers regarding the factors that determine the positive environment for nursing ptactice and tthat the different contexts of care (hospitalization, emergency and ambulatory care) did not influence the perception that nurses have on these factors.
Descrição: Mestrado em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde - Ramo de especialização: Políticas de Administração e Gestão de Serviços de Saúde
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4285
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ambientes favoráveis à prática de cuidados de enfermagem.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.