Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4182
Título: Criação de valor - O Cash Value Added como métrica de avaliação da Performance empresarial
Autor: Carvalho, Bruno
Orientador: Jorge, Ana Maria Nabais
Caldeira, Carlos Alberto Cabrito
Palavras-chave: Criação de valor
CVA
Gestão baseada no valor
Performance empresarial
Creat ion of value
CVA
Management based on value
Business performance
Data de Defesa: Mai-2014
Resumo: Até aos meados da década de 80, a metodologia utilizada na avaliação da performance das empresas consistia na utilização de indicadores tradicionais, estes indicadores, baseavam-se na informação retirada das demonstrações financeiras. A abertura dos mercados veio mostrar as fragilidades destes indicadores, pois, estes não conseguiam responder aos novos desafios impostos pelos mercados, na medida em que, como estes indicadores são baseados em critérios contabilísticos, não conseguem traduzir a realidade económica, mostrando-se assim, insuficientes na avaliação do valor criado para o accionista. Surgiu então, uma nova corrente que advogou a criação de valor para o accionista como o objectivo supremo da empresa. A implementação de sistemas de gestão baseados no valor, permitiu o desenvolvimento de novas métricas de avaliação da performance empresarial. Comparar os indicadores tradicionais com os indicadores baseados no valor, dando principal enfâse à métrica baseada no valor: CVA (Cash Value Added), é o tema central deste trabalho. Assim, e de forma a aferir que o CVA é a métrica que apresenta maior poder explicativo na criação de valor, desenvolvemos um estudo empírico com base numa amostra inicial de 7 empresas cotadas na bolsa de valores de Lisboa. Para isso, utilizámos neste estudo, os indicadores tradicionais e os indicadores baseados no valor analisados na parte teórica deste trabalho. De forma a generalizar as conclusões obtidas no estudo 1, e, seguindo os mesmos critérios, efectuámos um novo estudo composto por 18 empresas cotadas em bolsa.
Until the mid 80’s, the methodology used for assessing the performance of companies consisted on the information taken from the financial statements. With the opening of the markets, the weaknesses of this methodology were shown. It couldn’t meet the new challenges because the indicators are based on accounting criteria,so they do not reflect the economic reality, thus is insufficient to assess the value created for the shareholder. Then, it appeared a new current that advocated the creation of value for the shareholder as the ultimate goal of the company. The companies began to implement management systems based on value, emerging new metrics to evaluate business performance. In this work, it was compared the traditional metrics with the metrics based on value, giving special focus on the metric based on value CVA (Cash Value Added). In order to prove that CVA is the metric that could better explain the creation of value, we performed an empirical study based on an initial sample of 7 quoted companies. We used traditional and based on the value indicators. In order to generalize the conclusions obtained in the first study, and using the same criteria’s, we conducted a new study that involved 18 quoted companies.
Descrição: Mestrado em Contabilidade e Gestão das Instituições Financeiras
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4182
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE CVA_30.12.2013_vfinal.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.