Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4179
Título: Os serviços partilhados no âmbito dos grupos económicos e sua avaliação no contexto da qualidade da informação financeira
Autor: Varandas, Paula Cristina Saraiva
Orientador: Alves, Gabriel Correia
Palavras-chave: centro de serviços partilhados
controlo interno
grupos económicos
informação financeira
shared services center
internal control
business groups
financial information
Data de Defesa: Dez-2013
Resumo: Em 2002, nos Estados Unidos da América surgiu a Lei Sarbanes-Oxley com o objetivo de restaurar a confiança dos investidores na fiabilidade da informação financeira. Um dos seus principais objetivos foi o de requerer que as empresas reportassem sobre a eficácia do controlo interno no relato financeiro. O controlo interno tem como principais objetivos, a eficácia e eficiência das operações, a confiança nos relatórios financeiros, o cumprimento de leis e regulamentos aplicáveis e a salvaguarda dos ativos. Por outro lado, com a globalização dos mercados, os grupos económicos estão obrigados a encontrar soluções inovadoras e adaptativas por forma a responder ao crescente nível de exigência e aumentar a sua competitividade. Assim, e num processo de otimização de recursos, tem-se observado por parte de grupos económicos a adoção de centros de serviços partilhados como suporte administrativo, que presta serviços, a partir de um mesmo ponto de atendimento, para as demais unidades da organização. Perante esta realidade, o presente trabalho tem como objetivo saber a avaliação que os grupos económicos que operam em território nacional fazem da sua informação financeira, quando adotaram um centro de serviços partilhados, tendo por base os objetivos do controlo interno. Desta forma optou-se por uma pesquisa exploratória e quantitativa na forma de um questionário. Em termos globais, os resultados quantitativos revelam que a qualidade da informação financeira destas entidades foi reduzida parcialmente, quando adotaram um centro de serviços partilhados.
Back in 2002, in the United States of America emerged the Sarbanes-Oxley Act in order to restore investor's confidence in the reliability of financial report. One of its main objectives was to require that enterprises reported on the effectiveness of internal control over financial reporting. The main objectives of internal control are the effectiveness and efficiency of operations, the reliability of financial reporting, compliance with laws and regulations and safeguarding of assets. On the other hand, with the globalization, business groups are forced to find innovative and adaptive solutions in order to meet the increasing level of exigency and strengthen its competitiveness. Thus, and in a resource optimization process, has been occurring the adoption, by the business groups, of shared services centers for administrative support which provide services from a single point of service for all other units of the organization. According to this reality, the present study aims to know the assessment that business groups operating in Portugal, make of their financial information after they adopt a shared service center, based on the objectives of the internal control. So, an exploratory and quantitative research was chosen in the form of a survey. Overall, the quantitative results show that the quality of financial reporting of these entities was partially reduced when they adopted a shared service center.
Descrição: Mestrado em Contabilidade
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4179
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Paula Varandas_Dissertação - versao final.pdf2,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.