Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4170
Título: Da literatura electrónica com letras que fogem, sons que ensurdecem e imagens que cegam
Autor: Bonacho, Fernanda do Rosário Farinha
Palavras-chave: Literatura electrónica
Hipermedia
Leitura digital
Data: Jul-2014
Editora: (CETAPS) / (CESNOVA)
Citação: Bonacho, F. "Da literatura electrónica com letras que fogem, sons que ensudercem e imagens que cegam" , In Conferência Internacional "Youth In/An Literature & Society", Lisboa, Faculdade Ciências Sociais e Humanas, 9-11 Julho 2014.
Resumo: Depois de mais quinhentos anos de literatura impressa (e de tradições orais e manuscritas anteriores), nas últimas décadas, as tecnologias da informação e comunicação estimularam uma diáspora textual do suporte impresso para o suporte digital e, pela primeira vez, a literatura passou a estar presente nas várias plataformas digitais (computador, e-readers, telemóvel, tablet, etc). Os meios audiovisuais e multimédia tornaram-se veículos de uma literatura digitalizada (obras impressas e digitalizadas eletronicamente), e parceiros ágeis de uma literatura eletrónica, a qual inclui, de uma forma completamente inovadora, produções originalmente criadas com o computador para serem lidas, quase, exclusivamente em ambiente digital. Esta comunicação pretende discutir as singularidades desta nova forma de literatura partindo do princípio de que a hibridez das formas e da inovação tecnológica que os artistas trazem para os trabalhos obrigam, de facto, a um nível elevado de experimentação que pode, no início, ofuscar o conteúdo literário e resistir às tentativas de categorização e classificação clássicas baseadas no impresso. Se a literatura também é tornar estranho o que é conhecido e fazer-nos olhar para as coisas de maneira diferente; se sempre existiram formas diferentes de escrever e de ler, será necessário perceber as características deste novo tipo de escrita eletrónica. A partir de alguns exemplos de trabalhos de literatura eletrónica, pretende-se colocar questões essenciais às práticas anteriores de criação e perceção através de propostas híbridas que compreendem modalidades visuais, sonoras, fílmicas, cinestésicas feitas, por exemplo, de letras que fogem do lugar, sons que ensurdecem, e imagens que cegam.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4170
Versão do Editor: https://youthconference2014.wordpress.com/about/
Aparece nas colecções:ESCS - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
resumo_conferenciainternacional.pdf289,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.