Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4116
Título: Tecnologias de apoio e multideficiência: recursos mediadores da aprendizagem e da inclusão
Autor: Rocha, Soraia Filipa Coelho da
Orientador: Nunes, Clarisse
Palavras-chave: Aprendizagem
Inclusão
Multideficiência
Tecnologias de apoio
Learning
Inclusion
Multiple disabilities
Assistive technology
Data de Defesa: Dez-2014
Citação: Rocha, S. F. C. (2014). Tecnologias de apoio e multideficiência: recursos mediadores da aprendizagem e da inclusão [Dissertação de mestrado] Escola Superior de Educação de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa
Resumo: Este trabalho estuda o papel que as Tecnologias de Apoio (TA), particularmente as relacionadas com a Comunicação (TAC), podem desempenhar na educação de crianças e jovens que frequentam Unidades de Apoio à Educação de Alunos com Multideficiência (UAM). Procuramos perceber que TAC existem em UAM e como são utilizadas para promover a aprendizagem e a inclusão dos alunos. Metodologicamente a opção recaiu sobre a realização de um estudo de caso, efetuado numa UAM. Para a recolha de dados recorreu-se a observações, entrevistas e pesquisa documental. Esses dados foram analisados recorrendo à análise do seu conteúdo. Os resultados evidenciam a existência de recursos de alta e baixa tecnologia, sendo notório um maior investimento em TA de alta tecnologia, nomeadamente Tecnologias Informação e Comunicação (TIC), sobretudo hardware. As TA presentes destinam-se a facilitar o acesso à informação e à comunicação, a promover oportunidades de aprendizagem e a estimular sensorialmente os alunos. Os recursos de baixa tecnologia parecem ser utilizados de forma mais consistente do que os de alta tecnologia, destacando-se os Símbolos Pictográficos para a Comunicação. Esta TA é usada na “régua de comunicação”, no “caderno de comunicação digital”, e no software “Comunicar com símbolos”, sobretudo, para realizar tarefas académicas e para fazer recados. Utilizam também com alguma regularidade TIC (hardware e software). As TA são utilizadas com vários objetivos, mormente, para promover oportunidades de aprendizagem e aquisições curriculares relacionadas com a língua portuguesa e com a matemática, mas não tanto para promover a inclusão. A reação dos alunos à utilização das TA é, no geral, positiva, embora alguns alunos reagem de forma passiva. Os professores têm algumas reservas em relação à utilização do tablet e às suas potencialidades. As capacidades dos alunos e a desadequação ou fragilidade de alguns recursos tecnológicos constituem as principais barreiras à utilização das TA existentes.
ABSTRACT This essay aims studying the role that Assistive Technologies (AT), in particular the ones related to Communication (ATC), may play in the education of children and young people who attend Specialized Support Units for the Education of Students with Multiple Disabilities (MDSU). We seek to understand that ATC exist in MDSU and how it’s used to promote the learning and inclusion of the students. The option methodologically chosen was carrying out a case study, made in a MDSU. For the data collection it was used observations, interviews and documentary research. These data collected was analyzed by applying contents analysis. Our results show the existence of high and low technology resources, and notorious increased investment in AT of high technology, including information and communication technology (ICT), especially hardware. The AT is intended to facilitate access to the information and communication, to promote learning opportunities and to stimulate sensory the students. The low technology resources seem to be used more consistently that the high technology, highlighting the pictographic symbols for communication. This AT is used in “communication rule”, in digital communication notebook”, and in the software “Communicating with symbols”, specially, for perform academic tasks and errands. They also used with some regularity ITC (hardware and software). The AT are used for various goals, especially, to promote learning opportunities and curricular acquisitions related with Portuguese languages and mathematics, but not so much to promote inclusion. The reaction of students to the use of AT is generally positive, although some students react passively. The professors have some reservations about the use of the tablet and his potential. Student’s abilities and the inadequacy or weakness of some technological resources are the main barriers to the use existing AT.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Ensino Especial – ramo de Problemas de Cognição e Multideficiência
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4116
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tecnologias de apoio e multideficiência.pdf2,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.