Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4104
Título: Diz-me as letras e eu escrevo: a descoberta da escrita no Jardim de Infância
Autor: Matos, Ana Catarina Cardoso e
Orientador: Seixas, Cristina
Palavras-chave: Prática profissional supervisionada
Educação pré-escolar
Linguagem escrita
Linguagem oral
Consciência fonológica
Supervised professional practice
Preschool education
Written language
Oral language
Phonological awareness
Data de Defesa: Dez-2014
Resumo: O presente relatório incide no trabalho desenvolvido ao longo da Prática Profissional Supervisionada realizada em dois contextos socioeducativos da Educação de Infância: Creche e Jardim de Infância. Através de um olhar crítico e reflexivo alicerçado em pressupostos teóricos, é feita a análise da intervenção realizada no contexto de creche (com crianças entre os 12 e os 22 meses) e jardim de infância (com crianças entre os três e cinco anos). A problemática mais significativa da Prática Profissional Supervisionada ocorreu no contexto de jardim de infância e incide na descoberta da Linguagem Escrita e na forma como as crianças constroem e se apropriam do código escrito. No capítulo que lhe concerne, explicita-se a importância deste tema no desenvolvimento da criança em idade pré-escolar e o seu papel ativo no processo de apropriação da Linguagem Escrita, que passa também pelo domínio da Linguagem Oral, pelo desenvolvimento da consciência fonológica, pelo contacto com os livros ou pela exposição ao código escrito. No desenvolvimento deste relatório, pretendeu-se ainda identificar, compreender estratégias e criar ferramentas para que as crianças desenvolvam e vão construindo a sua linguagem escrita. Em paralelo, como forma de ilustrar o trabalho realizado, surgem igualmente as vozes das crianças, a propósito das suas aprendizagens e as atividades promovidas ao longo da PPS no âmbito desta temática.
ABSTRACT This report focuses on the work developed throughout the Supervised Professional Practice carried out in two socio-educational contexts of Childhood Education: Nursery School and Kindergarten. Through a critical and reflective look based on theoretical assumptions, an analysis is made of the intervention carried out in the nursery school (with children aged between 12 and 22 months) and kindergarten context (with children between the ages of three and five years). The most significant aspect of the Supervised Professional Practice occurred in the kindergarten and focuses on the discovery of Written Language and the way in which children build up and appropriate themselves of the written code. In the respective chapter, I explain the importance of this issue in the development of preschoolers and the active role they play in the process of appropriation of the Written Language. This skill also involves mastering Oral Language, developing phonological awareness, coming into contact with books and exposure to the written code. In preparing this report, I further sought to identify, understand strategies and create tools to help children to develop and build up their written language. In parallel, in order to illustrate the work, I also included the children's opinions in relation to their learning and to the activities promoted throughout the Supervised Professional Practice in regard to this subject matter.
Descrição: Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4104
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diz-me as letras e eu escrevo.pdf2,87 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.