Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4093
Título: Recomendações técnicas para a determinação imuno-histoquímica do status HER2 em carcinoma da mama: consenso
Autor: Maia-Matos, Mário
Ferro, Amadeu Borges
Palavras-chave: Anatomia patológica
HER2
Imuno-histoquímica
Recomendação técnica
Cancro da mama
Fase pré-analítica
Data: Mai-2013
Editora: Associação Portuguesa de Técnicos de Anatomia Patológica
Citação: Maia-Matos M, Ferro AB. Recomendações técnicas para a determinação imuno-histoquímica do status HER2 em carcinoma da mama: consenso. Mícron. 2013;16(17):28-40.
Resumo: A determinação imuno-histoquímica do status HER2 é um elemento fundamental para o diagnóstico, prognóstico e indicação terapêutica em carcinoma da mama. A inconsistência de resultados da técnica imuno-histoquímica levou ao estabelecimento, em alguns países, de recomendações para melhorar a performance do teste. Com o objetivo de criar recomendações adaptadas à realidade portuguesa, a área científica de Anatomia Patológica, Citológica e Tanatológica da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa e a Associação Portuguesa de Técnicos de Anatomia Patológica reuniram um painel de especialistas para a construção e estabelecimento de linhas de orientação técnica para a determinação do status HER2 em carcinoma da mama para a realidade portuguesa. O painel recomenda que o teste seja devidamente planeado do ponto de vista humano e material, com ênfase acentuado no controlo e garantia da qualidade de reagentes e procedimentos. A fase préanalítica é apontada como essencial para a qualidade do teste, nomeadamente um reduzido tempo de isquémia a frio, tempos mínimos de fixação de 6h para biópsias e 24h para peças cirúrgicas e máximo de 96h para ambas, bem como um controlo de qualidade de todos os reagentes utilizados. São estipulados critérios de seleção de controlos, bem como critérios de avaliação da qualidade da técnica, elementos fundamentais para se rastrear problemas na fase pós-analítica. Pretende-se com este documento melhorar a acuidade da determinação do status HER2 em carcinoma da mama, podendo selecionar doentes de modo mais adequado, bem como promover o debate e a investigação nesta área.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4093
ISSN: 0874-1433
Versão do Editor: http://ww2.aptap.pt/media/files/MICRON-17.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Recomendações técnicas para a determinação imuno-histoquimica.pdf14,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.