Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4074
Título: Prática baseada na evidência em terapia da fala
Autor: Clarisse, Ana Lúcia da Veiga Coutinho
Orientador: Eiras, Margarida
Ferrito, Cândida
Palavras-chave: Terapia da fala
Prática baseada na evidência
Informação em saúde
Cuidados de saúde
Speech and language therapy
Evidence-based practice
Health information
Healthcare
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Clarisse AL. Prática baseada na evidência em terapia da fala [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve; 2013.
Resumo: O estudo pretende obter informação sobre o grau de familiaridade com a Prática Baseada na Evidência (PBE) em terapia da fala, tendo como objetivo geral identificar que conhecimentos têm os terapeutas da fala (TF) do conceito de PBE. É um estudo exploratório descritivo, com uma amostra selecionada por conveniência, constituída por 113 TF, maioritariamente do sexo feminino com idades compreendidas entre os 20 e os 29 anos e como grau académico a Licenciatura. Os locais de exercício da profissão mais identificados foram: clínica privada, IPSS e agrupamento de escola, com 81,4% dos TF a referir a não pertença a grupos de investigação, no local de trabalho. Para a pesquisa de informação científica, os recursos utilizados são: livros e artigos de revistas internacionais e relativamente a bases de dados eletrónicas indicam a Scielo, a ASHA, o Google Académico e a Pubmed. De salientar a utilização de outros recursos, como pesquisa em bibliotecas universitárias e subscrição de revistas ou periódicos. Os TF procedem à pesquisa científica, para a tomada de decisão, sendo o conhecimento mobilizado primeiramente da reflexão da experiência clínica, seguindo-se dos livros e por último, a opinião dos colegas. Os inquiridos revelam ter conhecimentos sobre a PBE e as principais barreiras apresentadas à sua implementação são a falta de tempo, a impossibilidade de aplicação nos utentes, a falta de recursos e a falta de apoio entre colegas. Atualmente verifica-se que o uso da PBE é necessário por assegurar aos utentes acesso a melhores cuidados de saúde.
ABSTRACT - The study aims to obtain information on the familiarity degree with the Evidence Based Practice (EBP) in speech therapy, aiming at identifying what knowledge have speech and language therapists (SLT) concept of EBP. It’s an exploratory study with a sample selected by convenience, consisting of 113 SLT, mostly female aged between 20 and 29 years old and with as a Bachelor degree. The locations for the profession most identified were: private practice, IPSS and grouping of school, with 81,4% of SLT referring to doesn’t belong to research groups in the workplace. For the research of scientific information, the resources used are: books and international journals and for electronic databases indicate Scielo, ASHA, Google Scholar and Pubmed. Emphasize the use of other resources such as research in university libraries and subscription to magazines or journals. The SLT proceed to scientific research to decision making being knowledge mobilizes primarily the reflection of clinical experience, followed by books and finally the opinion of colleagues. Respondents reveal some knowledge about EBP and the main barriers presented to implementation are lack of time, the impossibility of applying in clients, lack of resources and lack of peer support. Currently it appears that the use of EBP is necessary for ensuring the clients access to better healthcare.
Descrição: Mestrado em Gestão e Avaliação em Tecnologias da Saúde
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4074
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Prática baseada na evidência em terapia da fala.pdf2,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.