Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/4014
Título: Efeitos da sobrecarga das mochilas escolares nas alterações posturais e de equilíbrio
Autor: Jardim, Mónica Maria Rodrigues
Orientador: Coutinho, Isabel
Palavras-chave: Fisioterapia
Medicina de reabilitação
Postura
Equilíbrio
Dor lombar
Mochila
Meio escolar
Physiotherapy
Rehabilitation
Posture
Balance
Back pain
Backpack
School
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Jardim MM. Efeitos da sobrecarga das mochilas escolares nas alterações posturais e de equilíbrio [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2013.
Resumo: Introdução: As cargas das mochilas escolares produzem mudanças na postura em pé, quando comparadas com a postura sem carga. Há pouca evidência quanto ao facto da exposição a carga posterior produzir efeitos prejudiciais no tecido ósseo. Objectivo: Analisar os efeitos da carga em mochilas escolares sobre a postura e o equilíbrio. Amostra: Por conveniência, constituída por 19 indivíduos saudáveis, de ambos os géneros, de duas turmas do 8º ano, com idades compreendidas entre os 13 e os 15 anos. Metodologia: Estudo quase-experimental e analítico. Os instrumentos de avaliação utilizados foram o FRT e o SAPO, em que o equilíbrio e as alterações posturais foram avaliados: sem carga e com 5%, 10% e 15% do peso corporal na mochila. Procedimentos Estatísticos: Estatística descritiva (medidas de localização central) para a caracterização da amostra e a estatística inferencial para identificar relações entre as variáveis, com os testes paramétricos e os Coeficientes de Pearson. Resultados / Discussão: O aumento da percentagem de carga na mochila levou a uma diminuição da performance do FRT e os ângulos crânio-vertebral, crânio-cervical e o dorsal diminuíram à medida que aumentávamos a carga, enquanto os ângulos crânio-cervico-dorsal e o ângulo lombar aumentaram ligeiramente. A partir dos 15% de peso corporal houve maiores alterações a nível do equilíbrio e alterações posturais. Conclusão: Por existirem diferenças aquando da realização dos testes com e sem mochila, pode-se classificar o transporte de mochilas como um factor de alteração da postura e do equilíbrio. No entanto, a longo prazo, não podemos classificar estas alterações como prejudiciais.
ABSTRACT - Introduction: Backpack loads produce changes in the standing posture compared with posture without loads. There is little evidence as to whether exposure to later load produces harmful effects on bone tissue. Objective: Analyze the effects of school backpack loads on posture and balance. Sample: Convenience sample consisting on 19 healthy subjects, of both genders, from two classes of 8th grade, aged between 13 and 15 years. Methodology: Quasi-experimental and analytical study. The assessment instruments used were the FRT and PAS, which evaluated the changes in postural angles and changes of balance in the standing position, with variations of weight: without load, 5%, 10% and 15% of body weight in the children´s backpacks. Statistical procedures: Descriptive (measures of central location) for sample characterization and inferential statistic to identify relations between variables, with Parametric tests and Pearson´s coefficients. Results / Discussion: The increase of percentage of weight in the school backpack led to a decrease in the performance of the Functional Reach Test and also the cranial-spinal, the cranial-cervical and dorsal angles decreased as we increased the load. The cranial-cervical dorsal and lumbar angles slightly increased as we increased the percentage of load in the backpack. There were more changes in balance and postural angles with backpacks loaded with 15% of body weight Conclusion: We can classify school backpacks as a factor that changes posture and balance, for existing differences in the tests, with and without the backpack. However, at long term, these changes cannot classify as being harmful to individuals.
Descrição: Mestrado em Fisioterapia
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/4014
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Efeitos da sobrecarga das mochilas escolares nas alterações posturais e de equilíbrio.pdf2,8 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.