Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3980
Título: O educador de Infância também “brinca”?
Autor: Rodrigues, Ana Filipa Da Cruz
Orientador: Rosa, Manuela
Palavras-chave: Relação pedagógica
Criança
Educador
Brincadeira
Afetividade
Pedagogical relationships
Child
Education
Play
Affection
Data de Defesa: Jul-2014
Resumo: O presente relatório surge no âmbito da Unidade Curricular da Prática Profissional Supervisionada, na frequência do Mestrado em Educação Pré-Escolar. Este tem como principal objetivo a realização de uma análise reflexiva e crítica de todo o trabalho de intervenção realizado ao longo das duas práticas profissionais supervisionadas, Creche e Jardim-de- Infância, que decorreram entre janeiro e maio de 2014, dando especial destaque a todos os intervenientes que contribuíram para este processo formativo. Intitulado como, “ O Educador de Infância também “brinca”?”, este relatório tem como objetivo ilustrar, analisar e fundamentar as relações pedagógicas estabelecidas ao longo da minha Prática Profissional. A temática de aprofundamento e reflexão surgiu de uma observação realizada nos diferentes contextos educativos. As educadoras cooperantes mantinham e valorizavam a promoção de relações de proximidade e confiança, tendo por base a afetividade. Era notória a predisposição do adulto em brincar e envolver-se no “mundo” da criança. Por ser algo que valorizo bastante numa relação pedagógica, e por ter sido, também, desde o início, uma das minhas preocupações, criar relações sólidas e de confiança com os grupos de crianças, ao longo desta problemática irei mostrar evidências da minha prática educativa, bem como das relações estabelecidas com as crianças. Como técnicas de recolha de informação, para o estudo apresentado, recorri à observação das crianças e à entrevista, tendo como principal preocupação o envolvimento nas brincadeiras das crianças.
Abstract The present report emerges in extent of the Curricular Unit of Supervised Professional Practice for masters in Infantile Education. It's main goal is to do reflexive and critical analysis of all the intervention work done throughout the two professional supervised practices, nursery, kindergarten, that happened between January and May of 2014, giving special spotlight to all involved in this formative process. Entitled as, "Can Preschool teachers also "play"?", this report has the purpose of illustrating, analyzing and grounding pedagogical relationships established throughout my Professional Practice. This deepening topic came from an observation of different educational contexts. The cooperative educators preserved and valued the promotion of closeness and trust relationships based on affection. The predisposition of the adults to play and get involved on the child's "world" was conspicuous. Being something I value so much on a pedagogical relationship, and also for being from the beginning one of my concerns; creating solid relationships and with a sense of trust with all groups of children, in this issue I will show evidences of my educational practice as well as the relationship established with the children. As information source for this study I observed the children and did interviews, being that my main concern was the involvement in child's play.
Descrição: Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3980
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O educador de Infância também brinca.pdf5,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.