Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3881
Título: Implementação das medidas de autoproteção em edifícios escolares
Autor: Aguiar, Adérito Luís da Silva
Orientador: Marques, Paulo Henriques
Palavras-chave: Saúde ocupacional
Emergência
Auto-protecção
Meio escolar
Incêndio
Simulacro
Occupational health
Emergency
Self-protection
Schools
Fire drills
Simulacra
Data de Defesa: 2014
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Aguiar AL. Implementação das medidas de autoproteção em edifícios escolares [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2014.
Resumo: O novo quadro legislativo da Segurança Contra Riscos de Incêndio em Edifícios (SCIE) exige a concretização e implementação das Medidas de Autoproteção (MAP) nos edifícios e recintos existentes. Estas resultam da elaboração de um conjunto de documentos, devidamente estruturados e dinâmicos, que têm a finalidade de garantir a segurança, proteger pessoas e bens e minimizar os efeitos dos desastres, caso venham a ocorrer. Muitas instituições, incluindo as escolares, olham para as MAP como uma imposição legal como outra qualquer, não entendendo que estas podem constituir um mecanismo gerador de vida e progresso, quando bem implementadas. Os principais objetivos deste trabalho compreendem o melhoramento da implementação das MAP nos edifícios escolares da Região Autónoma da Madeira, contribuir para bons resultados em situações de emergência, reforçar a importância da formação, destacar a contribuição e relevância dos simulacros e incrementar a cultura de segurança e resiliência atualmente existentes. Pretende-se também averiguar a qualidade e adequação dos recursos humanos envolvidos na prevenção e emergência da escola em estudo. A metodologia utilizada neste trabalho desenvolveu-se em várias etapas, que incluíram consultas e análises, trabalho de campo, ações de sensibilização e um exercício de simulação. Para a análise de dados, recorreu-se à observação direta participante e a gravações de vídeo, de forma a evidenciar a sua credibilidade. Na escola que serviu de amostra, foi possível responder à questão de investigação deste estudo, na medida em que se observou que os Agentes de Segurança não estariam, à partida, capacitados para desempenhar as respetivas funções nas MAP. Ainda assim, verificou-se ser possível desenvolver neles algumas competências, mediante informação, formação e treino, que vieram iniciar os AS em matérias de combate ao incêndio, evacuação e primeiros socorros, bem como sensibilizar para as consequências a que se podem expor, para a necessidade de controlo emocional e comunicação eficaz, em situação de emergência.
ABSTRACT - The new Portuguese legislative framework of Fire Safety in Buildings (SCIE) requires implementation of the so-called Measures of Self-Protection (MAP) in existing buildings and facilities. These measures result from the development of a set of properly structured and dynamic documents, that are designed to ensure safety, protect people and property, and also to minimize the effects of disasters, should they occur. Many institutions, including schools, look at the MAP as a legal obligation like any other, not understanding that they may constitute a life and progress generator mechanism, when well implemented. The main objectives of this study include improving the implementation of MAP in school buildings of Madeira Autonomous Region, contributing to better results in emergency situations, reinforcing the importance of training, highlighting the contribution and relevance of simulacra and increasing the currently existing safety culture and resilience. We also intend to verify the quality and adequacy of human resources involved in fire prevention and emergency, on the studied school. The methodological design used in this study was developed in several stages that included consultations and analysis, fieldwork, awareness raising and a simulation exercise. As for data collection, we adopted direct participant observation and video recordings, for better credibility. In the sample school adopted, it was possible to answer the research question of this study, because it was observed that the safety agents were not, at the beginning, able to carry out their functions in the MAP. Still, it became possible to develop some skills in them through information, education and training, thus initializing the safety agents in matters of fire fighting, evacuation and first aid, as well as raising awareness of the consequences to which they may be exposed and to the need for emotional control and effective communication in an emergency situation.
Descrição: Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3881
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Implementação das medidas de autoproteção em edifícios escolares.pdf10,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.