Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3875
Título: As representações e práticas sobre a segurança e saúde no trabalho: o caso dos trabalhadores do município de Albufeira
Autor: Mendes, Celso Manuel Travanca Simões
Orientador: Tavares, David
Alves, Maria de Fátima
Palavras-chave: Saúde ocupacional
Segurança no trabalho
Representação social
Meio regional
Portugal
Região do Algarve
Occupational health
Occupational safety
Social representations
Regional setting
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Mendes CE. As representações e práticas sobre a segurança e saúde no trabalho: o caso dos trabalhadores do município de Albufeira [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2013.
Resumo: O envolvimento e a participação dos trabalhadores em matéria de segurança e saúde nos locais de trabalho são direitos adquiridos, mas nem sempre exercidos efetivamente, ou de um modo inteiramente construído, pelos seus intervenientes. Por outro lado, os comportamentos em contexto laboral, na maior parte dos casos não se apresentam coincidentes com o discurso normativo do “saudável” e da segurança no trabalho. Este estudo de caso visa compreender como os trabalhadores, numa organização autárquica, percecionam a segurança e a saúde em contexto laboral, e como caracterizam quer, o comportamento dos outros, quer o seu próprio comportamento. Pretende-se diagnosticar as necessidades de abordagem dos fenómenos sociais relacionados com as representações e práticas dos trabalhadores, e as suas interações. Contempla a aplicação de instrumentos de recolha de dados pouco usuais no contexto da atividade dos profissionais de segurança e saúde no trabalho: um processo de observação participante, continuada; entrevistas semi-diretivas, dirigidas aos trabalhadores, individualmente; e posteriormente, entrevistas de grupos focais. Ambiciona desenvolver uma etapa inicial de diagnóstico, enquanto primeira linha de investigação que conduza posteriormente a uma iniciativa de intervenção-ação, com vista a capacitar os trabalhadores para o envolvimento na construção da sua própria segurança e saúde no trabalho.
ABSTRACT - The involvement and participation of workers in occupational health and safety are acquired rights, not always assumed effectively or entirely built by the stakeholders. On the other hand, in most cases, workers behaviour does not coincide with the normative discourse of “health" and work’s safety. This project outlines a study that aims to understand how workers perceive and evaluate their health and safety in a work context, and how they characterize both their own and others safety behaviour. This is a case study, to develop in a Portuguese Municipality that aims to diagnose the social phenomena related to the representations and practices of workers, and respective interactions. Contemplates the application of data collection instruments, not usually used by technicians in the context of occupational health and safety: continued participant observation; individual semi-directive interviews; and later, focus groups interviews. We aspire to develop an initial diagnostic step, as the first line of investigation, leading to an action research initiative, to empower workers to construct of their own occupational health and safety plan.
Descrição: Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3875
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.