Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3870
Título: Diagnóstico da malária em Angola: um país em estreita ligação com Portugal
Autor: Moura, S.
Fançony, Cláudia
Mirante, Clara
Neves, M.
Bernardino, L.
Sambo, R.
Barros, H.
Brito, Miguel
Palavras-chave: Epidemiologia
Malária
Diagnóstico
Angola
Data: Set-2014
Citação: Moura S, Fançony C, Mirante C, Neves M, Bernardino L, Brito M, et al. Diagnóstico da malária em Angola: um país em estreita ligação com Portugal. In XXXIIª Reunión Científica de la Sociedad Española de Epidemiología y X Congresso da Associação Portuguesa de Epidemiologia, Alicante (España), 3 a 5 de setembro de 2014.
Resumo: As migrações e a globalização dos viajantes têm apresentado grandes desafios no controlo da transmissão de doenças. Em 2012, o número estimado de pessoas em risco de contraíram malária foi de 3,4 biliões. Na Europa, esta é uma doença rara que, em 2012, apenas teve reportados 255 casos autóctones. Para turistas e emigrantes de áreas não endémicas, a malária representa um sério risco de morte e deve ser uma forte suspeita em casos de febre. Um diagnóstico correcto é de extrema importância para o controlo da malária. Este deve ser feito imediatamente após o aparecimento dos primeiros sintomas, daí que os serviços de saúde dos países visitados devem estar aptos a prontamente identificar e tratar esta doença. O objectivo deste trabalho doi determinar o impacto de uma formação na melhoria do diagnóstico da malária.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3870
Aparece nas colecções:ESTeSL - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diagnóstico da malária em Angola_um país em estreita ligação com Portugal.pdf204,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.