Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3784
Título: Contributo para a estimativa da idade fetal à data da morte na população portuguesa
Autor: Carneiro, Cristiana
Curate, Francisco
Borralho, Paula
Cunha, E.
Palavras-chave: Anatomia patológica
Feto
Estimativa da idade
Diáfises de ossos longos
Radiografia
Equação de regressão
Antropologia forense
Data: Mai-2013
Editora: APTAP
Citação: Carneiro C, Curate F, Borralho P, Cunha E. Contributo para a estimativa da idade fetal à data da morte na população portuguesa. Mícron. 2013;17(16):4-8.
Resumo: A estimativa da idade gestacional (IG) em restos cadavéricos fetais é importante em contextos forenses. Para esse efeito, os especialistas forenses recorrem à avaliação do padrão de calcificação dentária e/ou ao estudo do esqueleto. Neste último, o comprimento das diáfises de ossos longos é um dos métodos mais utilizados, sendo utilizadas equações de regressão de obras pouco atuais ou baseadas em dados ecográficos, cujas medições diferem das efetuadas diretamente no osso. Este trabalho tem como objetivo principal a obtenção de equações de regressão para a população Portuguesa, com base na medição das diáfises de fémur, tíbia e úmero, utilizando radiografias postmortem. A amostra é constituída por 80 fetos de IG conhecida. Tratando-se de um estudo retrospectivo, os casos foram selecionados com base nas informações clínicas e anatomopatológicas, excluindo-se aqueles cujo normal crescimento se encontrava efetiva ou potencialmente comprometido. Os resultados confirmaram uma forte correlação entre o comprimento das diáfises estudadas e a IG, apresentando o fémur a correlação mais forte (r=0.967; p <0,01). Assim, foi possível obter uma equação de regressão para cada um dos ossos estudados. Concluindo, os objetivos do estudo foram atingidos com a obtenção das equações de regressão para os ossos estudados. Pretende-se, futuramente, alargar a amostra para validar e consolidar os resultados obtidos neste estudo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3784
Versão do Editor: http://ww2.aptap.pt/media/files/MICRON-17.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Contributo para a estimativa da idade fetal à data da morte na população portuguesa.pdf14,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.