Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3761
Título: Impacto do estigma e do bem-estar subjectivo em pessoas com doença crónica
Autor: Vilhena, Estela
Pais-Ribeiro, José Luís
Silva, Isabel
Pedro, Luísa
Meneses, Rute
Cardoso, Hugo
Martins-da-Silva, António
Mendonça, Denisa
Palavras-chave: Doença crónica
Estigma
Obesidade
Epilepsia
Esclerose múltipla
Modelos de Análise de Covariância Multivariada
Diabetes
Miastenia gravis
Data: 2013
Editora: Universidade Fernando Pessoa
Citação: Vilhena E, Pais Ribeiro J, Silva I, Pedro L, Meneses R, Cardoso H, et al. Impacto do estigma e do bem-estar subjectivo em pessoas com doença crónica. In Cunha P, Toscano A, Barros C, Ramos CT, Jolluskin G, Leite IC, et al, editors. Construir a paz: visões interdisciplinares e internacionais sobre conhecimentos e práticas (Vol. 2 – Trabalho, saúde e mediação). Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa; 2013.
Resumo: O estudo teve como objectivo comparar o impacto do estigma e do bem-estar subjectivo em pessoas com diferentes doenças crónicas. Foram avaliados 729 doentes, recrutados em hospitais de Portugal, que após o diagnóstico retomaram a sua vida normal. Controlando para um conjunto de variáveis sócio-demográficas e clínicas, a aplicação de Modelos de Análise de Covariância Multivariada, permitiu verificar diferenças significativas apenas para a percepção do estigma entre os grupos de doenças crónicas. Pessoas com obesidade, epilepsia e esclerose múltipla referem mais estigma e pessoas com diabetes tipo1 e miastenia gravis referem menos estigma.
ABSTRACT - The objective of study was to compare the impact of stigma and subjective well-being in people with different chronic disease. Patients, recruited from central hospitals of Portugal, which after diagnosis returned to their normal life were evaluated (n=729). Multivariate analysis of covariance was used. Controlling for socio-demographic and clinical variables, results revealed significant differences for stigma but not for subjective well-being. Obese, epilepsy and multiple sclerosis patients have more perception of stigma and cancer and diabetes (type 1) patients have less perception.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3761
ISBN: 9789896431068
Aparece nas colecções:ESTeSL - Capítulos ou partes de livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Construir a paz.pdf2,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.