Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3659
Título: Comparação de métodos de extração de DNA e deteção de organismos geneticamente modificados em alimentos processados derivados de milho
Outros títulos: Evaluation of DNA extraction methods and detection of genetically modified organisms in processed foods derived from corn
Autor: Souza, Aline Gomes de
Alves, Patrícia Terra
Vieria, Carlos Ueira
Goulart, Vivian Alonso
Palavras-chave: Resíduos de transgénicos
Milho geneticamente modificado
PCR
Legislação
Transgenic residues
Genetically modified maize
Legislation
Data: Mai-2014
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Souza AG, Alves PT, Vieria CU, Goulart VA. Comparação de métodos de extração de DNA e deteção de organismos geneticamente modificados em alimentos processados derivados de milho. Saúde & Tecnologia. 2014;(11):17-22.
Resumo: Diante dos avanços biotecnológicos o cultivo de plantas geneticamente modificadas, como, por exemplo, o milho (Zea mays), aumentou consideravelmente nos últimos anos. Embora esta tecnologia apresente comprovados benefícios em relação ao aumento da produtividade e durabilidade do alimento, a população ainda receia em consumir produtos geneticamente modificados. O objetivo deste trabalho foi comparar dois protocolos baseados na utilização de CTAB e avaliar qual o melhor para extração de DNA em alimentos processados derivados de milho, bem como identificar dois dos resíduos transgênicos mais comuns em gêneros alimentícios derivados de milho: Cry1ab e Cry1F. Para isto, 14 amostras derivadas de milho foram avaliadas utilizando dois diferentes protocolos de extração de DNA e a deteção dos eventos transgênicos conduzida pela técnica de PCR qualitativa. Entre as amostras analisadas, 57% resultaram positivas para deteção de ambos os eventos de milho transgênico avaliados.
ABSTRACT: Given the advances in biotechnology cultivation of genetically modified crops, for example, maize (Zea mays) plants increased considerably in recent years. Although such technology presents proven benefits in relation to increased productivity and durability of food, the population still fears to consume genetically modified products. The objective of this study was to compare two protocols based on the use of CTAB and evaluate which is best for extraction of DNA in processed food derived from maize. As well as identifying two of the most common transgenic residues in foodstuffs derived from maize: Cry1Ab and Cry1F. Para this, 14 samples derived from maize were evaluated using two different protocols for DNA extraction and detection of transgenic events conducted by qualitative PCR. Among the samples, 57% resulted positive for detection of both transgenic corn event evaluated.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3659
ISSN: 1646-9704
Versão do Editor: http://www.estesl.ipl.pt/sites/default/files/ficheiros/pdf/artigo_3_saude_e_tecnologia_11.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.