Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3619
Título: Direitos de participação das crianças: estudo de caso num jardim de Infância em contexto do movimento da escola moderna
Autor: Almeida, Marta Botelho de
Orientador: Tomás, Catarina Almeida
Palavras-chave: Infância
Direitos da criança
Participação
Movimento da escola moderna
Childhood
Children’s rights
Children´s participation
Data de Defesa: Dez-2014
Citação: Almeida, M. B. (2013). Direitos de participação das crianças: estudo de caso num jardim de Infância em contexto do movimento da escola moderna [Dissertação de mestrado]Escola Superior de Educação de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa
Resumo: A participação das crianças é um tema central, nas últimas duas décadas, nos discursos científicos e políticos que são produzidos acerca da infância. A Sociologia da Infância assume esta problemática como fulcral na definição de um estatuto social da infância e na caracterização e desenvolvimento do seu campo de estudo, mais ainda quando se trata de realidade social bastante matizada e complexa. Esta investigação pretende discutir e analisar, a partir do quadro teórico da Sociologia da Infância, os direitos de participação das crianças em contexto de jardim-de-infância. Partindo dos principais pressupostos deste campo do saber, nomeadamente, que as crianças são atores sociais, seres competentes e sujeitos de direitos, este trabalho procura compreender de que forma e em que âmbitos, as crianças pequenas participam no contexto de um Jardim de Infância que segue o modelo pedagógico do Movimento da Escola Moderna (MEM) Do ponto de vista metodológico, esta investigação de natureza qualitativa, de âmbito compreensiva, centra-se num estudo de caso e assume um carácter exploratório. As principais técnicas de investigação utilizadas foram as entrevistas, realizadas à educadora de infância, e os grupos de discussão focalizada realizados com as crianças. A ausência de estudos em Portugal que considerem o cruzamento entre os direitos de participação de crianças pequenas e o modelo pedagógico do MEM confere a este estudo uma eventual abordagem inovadora, do ponto de vista académico, social e pedagógico. Não obstante, esta dimensão inovadora acarreta um conjunto de desafios teóricos, metodológicos e éticos uma vez que toda a reflexão desenvolvida sobre uma prática profissional, neste caso contextualizada no MEM, pressupõe um entendimento de que os fenómenos sociais resultam, em grande parte, dos significados que lhe são atribuídos por quem os define e explica, o que por sua vez, implica uma compreensão subjectiva desses mesmos fenómenos. Através deste estudo concluímos que a participação das crianças é promovida no contexto estudado. Observamos que a participação das crianças acontece de diversas formas e em diferentes âmbitos, como no planeamento, na avaliação, na realização de tarefas, atividades, projetos e outras propostas realizadas pelas crianças. Através do grupo de discussão focalizada compreendeu-se a diversidade de significados que as crianças atribuem à participação. Foi, ainda possível, perceber a importância que assume o papel dos adultos, nesta caso da educadora de infância, na promoção da participação o que se relaciona com os princípios e finalidades do Movimento da Escola Moderna, defendidos pela mesma.
Abstract In the last two decades children's participation is a central theme in the scientific and political speeches that are produced about childhood. Sociology of Childhood considers this as a core issue in defining a social childhood status and in the characterization and development of their field of study, even more when it comes to a rather tinted and complex social reality. This research aims to discuss and analyze the children’s participation rights in a preschool context, from the theoretical framework of Childhood Sociology. Based on the main assumptions of this field of knowledge, namely that children are social actors, competent beings and individuals with rights, this work seeks to understand how and in which areas, young children participate in the context of a pre-school class that follows the “Movimento da Escola Moderna” (MEM) pedagogical model. From the methodological point of view this thesis is a qualitative research, comprehensive in scope that focuses on an exploratory nature case study. The main investigation techniques used were interviews with the preschool teacher and focus group carried out with children. The lack of studies in Portugal that take into consideration the connection between young children’s participation rights and the MEM pedagogical model makes this an innovative study, from the academic, social and educational standpoint. However, this study carried a set of theoretical, methodological and ethical challenges as every reflection resulting from a professional practice (in this case in the MEM context) and requires the understanding that social phenomena result in large part off the meanings attributed by those who define and explain it. This in turn implies a subjective understanding of those social phenomena. The data analysis and the results presented in this work lead to the conclusion that children's participation is promoted in the context analyzed. Children’s participation occurs in different ways and in different areas such as planning, evaluation, performing tasks, activities, projects, and other proposals made by the children. Through focused group discussions, it was possible to understand the diversity of meanings that children give to participation. It was also possible to realize the importance of the adult role, in this case the childhood educator, in promoting participation which relates to the principles and purposes of the MEM pedagogical model supported by her.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para a obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação, Especialização em Intervenção Precoce
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3619
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Direitos de participação das crianças.pdf2,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.