Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3576
Título: Relatório de estágio: que desafios(s) para a avaliação das aprendizagens? uma análise a partir de um mestrado em educação pré-escolar numa Escola Superior de Educação
Autor: Simões, Ana
Palavras-chave: Mestrado em educação pré-escolar
Relatórios de estágio
Avaliação das aprendizagens
Master's degree in Preschool education
Apprenticeship report
Assessment of learning
Data: Mar-2014
Editora: CIED – Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais/Escola Superior de Educação de Lisboa
Resumo: A formação profissional, nomeadamente a formação profissionalizante (2ºCiclo de Estudos no âmbito de Bolonha) tem vindo a ser alvo de discussão entre as diferentes áreas do conhecimento, nomeadamente no que respeita às possíveis metodologias de avaliação a adotar (práticas profissionais supervisionadas, elaboração de portefólios individuais, realização de trabalhos de grupo com acompanhamento tutorial, redação de Relatórios de Estágio, entre outras). A presente comunicação tem como principal objetivo discutir e analisar as conceções dos educadores de infância recém-formados acerca da educação de infância e das aprendizagens realizadas no âmbito da Prática Profissional Supervisionada (PPS), através da análise dos Relatórios de Estágio elaborados no âmbito do Mestrado em Educação Pré-Escolar de uma escola superior de educação, especificamente os que dizem respeito a um grupo de mestrandos dos anos letivos 2010-2011, 2011-2012 e 2012-2013. Nesta análise, serão privilegiados os seguintes eixos: i) a caracterização reflexiva do contexto socioeducativo; ii) a análise reflexiva da intervenção; iii) as considerações finais realizadas. Pretende-se, a partir desta análise, identificar e compreender os potenciais desafios (que elementos e critérios de avaliação? Como caracterizar, de forma reflexiva, um determinado contexto socioeducativo?) trazidos ao processo de avaliação das aprendizagens dos mestrandos do curso em questão. O quadro teórico de referência centra-se numa revisão de literatura sobre a formação profissional dos educadores de infância e sobre a avaliação das aprendizagens dos adultos. A metodologia utilizada, de natureza qualitativa, inclui análise documental (objetivos do curso, perfil profissional de saída, guião para a elaboração dos Relatórios de Estágio), e a subsequente análise de conteúdo. Os resultados obtidos apontam para asseguintes conclusões: se por um lado, todos (12) os mestrandos do estudo seguiram, escrupulosamente, o guião fornecido pela equipa de docentes da Prática Profissional Supervisionada para a elaboração dos Relatórios de Estágio, por outro lado e no que se relaciona com a caracterização reflexiva do contexto socioeducativo, a análise reflexiva da intervenção e as considerações finais realizadas, constata-se que existem diferenças significativas na estrutura organizativa do discurso escrito, na escolha do quadro teórico de referência bem como nas reflexões pessoais realizadas. Enquanto que os mestrandos (5) do ano letivo 2010-2011 demonstram ter optado por construir um quadro teórico de referência ancorado, preferencialmente, por referências bibliográficas relacionadas com a Educação de Infância e facultadas pela equipa de docentes do mestrado em estudo, os mestrandos do ano letivo 2011-2012 (3) optaram por recorrer a um quadro teórico de referência mais alargado e abrangente, no qual se pode verificar, também, a existência de uma consulta e análise documental frequente sobre a legislação em vigor para o âmbito da Educação de Infância. Por sua vez, os mestrandos que terminaram a sua formação no ano letivo 2012-2013 (4) demonstraram, na elaboração dos seus relatórios de estágio, uma preocupação e intenção claras em dar resposta a todas as questões colocadas, fazendo emergir algumas questões de fundo: 1) por que razão os relatórios de estágio analisados apresentam diferenças significativas nas aprendizagens realizadas pelos mestrandos em estudo? 2) Quais as possíveis razões para estas diferenças? 3) Que aprendizagens realizaram estes mestrandos e quais foram as mais significativas? Estes são alguns dos possíveis desafios colocados à avaliação das aprendizagens.
Abstract: Vocational training, including professional qualification (within the second cycle of the Bologna Process) has been the subject of discussions between different areas of knowledge. Attention has been specially paid to possible evaluation methodologies (mentoring of professional practices, preparation of individual portfolios, conducting group work with tutorial guidance, writing Apprenticeship Reports, among others). The main goal of the present work is to analyse the Apprenticeship Reports made during a second cycle program in Master in Preschool Education of the Higher School of Education. A convenience sample of reports written by students of academic years 2010-2011, 2011-2012 and from 2012-2013 is considered. In this analysis, the following will be privileged axes: i) the reflective characterization of the educationalcontext; ii) the reflective analysis of their own teaching practices; iii) the contents of the final remarks. It is intended, therefore, to understand and analyse the potential challenges brought to the process of assessment of these students’ learning. The theoretical framework focuses on a literature review on training of early childhood educators (Cardona, 2002; Moita, 2012 and Vasconcelos, 2009, 2012) and on assessment of adults’ learning (Danis & Solar, 2001 and Fernandes, 2008). A qualitative methodology was used, including document analysis (course objectives, expected professional profile, guidelines for writing the apprenticeship report) and subsequent content analysis. The results achieved point to the following conclusions: if on the one hand, all (12) the students of the study followed precisely the script provided by the team of teachers, on the other side and in what relates to the characterization of the reflective educational context, a reflective analysis of the intervention and the final considerations carried out noted that there are significant differences in organizational structure of speech writing, in the choice of theoretical framework of reference as well as on personal reflections. While the master students (5) of the school year 2010-2011 show to build a theoretical framework for bibliographic references related to childhood and education provided by the team of teachers of the master in study, students of the school year 2011-2012 (3) opted for a wider theoretical framework of reference, which we can also check the existence of a query and documental analysis on legislation regarding childhood education. In turn, students who have completed their training in the academic year 2012-2013 (4), demonstrate in the preparation of their reports to internship, a concern and a clear intent in responding to all the questions subjected and triggering some substantive issues: 1) Why the internship reports analysed have significant differences in the accomplished learning undertaken by graduate students in study? 2) What are the possible reasons for these differences? 3) What did the masters learned and what was the most significant subject? These are some of the possible challenges to the evaluation of learning.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3576
Aparece nas colecções:ESELx - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio.pdf513,19 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.