Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3525
Título: Direitos abusados: reflexão sociológica sobre o abuso sexual de crianças
Autor: Fernandes, Natália
Tomás, Catarina Almeida
Palavras-chave: Abuso sexual
Crianças
Análise sociológica
Data: Mar-2014
Editora: Edições CRIAP
Citação: Fernandes, N. & Tomás, C. (2014). Direitos abusados: Reflexão sociológica sobre o abuso sexual de crianças. In. I. Sani & L. Nunes (Coord.), Crime, Justiça e Sociedade. Desafios emergentes e práticas multidisciplinares (pp. 77-100). Porto: Edições CRIAP
Resumo: O abuso sexual de crianças, não se tratando de um fenómeno novo, caracteriza-se, no entanto, pela dificuldade e demora no reconhecimento social e científico, enquanto problemática, sendo ainda mais recente a preocupação da investigação científica de caraterizar e compreender o abuso sexual de crianças a partir das suas vozes. Os estudos sociológicos sobre o abuso sexual têm sido escassos. Não obstante, o facto de se tratar de um fenómeno complexo e multidimensional, onde se acumulam diversos fatores e consequências, urge reconhecer e estudar sociologicamente o fenómeno, porque (i) possibilitará discutir a forma como a dominação sexual e geracional persiste nas sociedades contemporâneas e, ainda, se reveste de outros contornos; (ii) encarará o fenómeno como uma violação sistemática dos direitos humanos e dos direitos da criança na discussão do fenómeno; (iii) contribuirá para a discussão sobre a necessidade de uma intervenção política e social mais adequada e eficaz. Este texto desdobra-se ao longo de três dimensões de análise. Em primeiro lugar, olha o abuso sexual de crianças a partir do enfoque dos direitos da criança, explicitando os esforços que têm vindo a ser desenvolvidos para proteger os direitos das crianças à escala nacional e internacional. Segue-se a análise quantitativa e qualitativa dos dados públicos sobre o abuso sexual de crianças produzidos por três organismos nacionais: o Ministério de Administração Interna (MAI), a Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR) e a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). Por fim, convocam-se as vozes de crianças sobre o fenómeno, no sentido de atribuir à análise desta problemática uma tessitura mais densa, reveladora daquelas que são as suas complexidades, o que na nossa opinião, contribui com novos olhares sobre uma velha-nova problemática.
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3525
ISBN: 978-989-98879-0-9
Aparece nas colecções:ESELx - Capítulos ou partes de livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Direitos abusados.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.