Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3522
Título: Capital humano, medir para gerir: a utilização do balanced scorecard
Autor: Martins, Carla Cristina de Carvalho
Orientador: Rodrigues,Jorge José Martins
Palavras-chave: Capital Humano
Estratégia
Vantagem competitiva
Balanced Scorecard
Human Capital
Strategy
Competitive Advantage
Data de Defesa: Dez-2011
Resumo: Perante os contínuos desafios com que se defrontam as organizações, consequência dos elevados níveis de competitividade, é-lhes exigido uma nova dinâmica de gestão, onde os recursos humanos se assumem como o seu principal elemento diferenciador. Neste contexto, é fundamental a existência de uma gestão estratégica dos recursos humanos, a institucionalização de um conjunto de práticas que permitam transformar os recursos humanos num activo estratégico, que conduza à execução da estratégia organizacional. Essas práticas passam pela atracção e retenção de talentos, oportunidades de desenvolvimento, propiciar boas condições de trabalho quer a nível quantitativo quer a nível qualitativo. E como cada pessoa é um ser único, dotado de características próprias, impossíveis de imitar, deve ser reconhecida a capacidade de serem uma fonte de vantagem competitiva. Não é suficiente o estabelecimento de um conjunto de boas práticas para que se possuam recursos humanos estratégicos. É fundamental fazer o acompanhamento dessas práticas através da monitorização. Na gestão o que não pode ser medido não pode ser gerido. É fundamental sensibilizar os gestores, profissionais de recursos humanos, para a criação de sistemas de medida e métricas que possam aferir a contribuição do Capital Humano para a missão e estratégia das organizações. O Balanced Scorecard é uma ferramenta de gestão que possibilita, através da informação dos seus indicadores, a implementação das estratégias nas organizações. A finalidade é garantir que os indicadores definidos estejam coerentes com a estratégia global. Essa metodologia tem assim o mérito de compatibilizar (através de indicadores quantitativos) a gestão de recursos humanos com os objectivos a longo prazo da organização. A existência de indicadores qualitativos permite ainda às organizações mensurar o nível de desempenho e motivação, factores influentes no clima organizacional
Continuous challenges faced by organizations in the most recent years, result of high levels of competitiveness, require an updated and ever-changing management, where human resources are seen as its primary differentiator. It is crucial the existence of a human resources management, the institutionalization of a set of practices that allows to convert them in a strategic asset and fulfil the organizational strategy. Some of the practices should go through the attraction and retention of talents, development opportunities and solid work conditions – both quantitatively and qualitatively. Organizations should be also aware that each individual and its knowledge are valuable resources, inimitable and difficult to replace. That is what distinguishes them – Human Capital, the source of competitive advantage. Those practices must be under surveillance so they can be well succeeded. In the organizations management, what cannot be measured cannot be managed. It is fundamental to aware managers and human resource professionals, for the creation of measurement systems and metrics that can survey the contribution of human capital for the mission and strategy of the organizations. The Balance Scorecard is a management tool that allows through its data to execute and to correct the organization global strategy. The purpose of this tool is to assure that the pre-established guidelines are consistent with it. This methodology holds the merit of harmonizing (through quantitative metrics) the human resource management with the long term organizational aims. The qualitative metrics allows organizations also to measure the performance and motivation level, influential issues in the organizational environment.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3522
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CAPITAL HUMANO_MEDIR PARA GERIR _A UTILIZAÇÃO DO BALANCED SC.pdf2,85 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.