Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3445
Título: Divulgação sobre dispêndios de pesquisa e desenvolvimento em Portugal no ano de 2011: uma análise do PSI20
Autor: Filipe, Andreia Cristina da Silva Lopes
Orientador: Carvalho, Paulo Marques de
Pinheiro, Pedro Miguel Batista
Palavras-chave: Activos Intangíveis
Pesquisa e Desenvolvimento
Relato
Divulgação
Dispêndios
Intangible Assets
Research and Development
Report
Disclosure
Expenses
Data de Defesa: Nov-2012
Resumo: O presente estudo surge da importância do tema activos intangíveis nomeadamente, os activos intangíveis gerados internamente. Entende-se que a correcta valorização e a divulgação dos activos intangíveis são fundamentais para a competitividade das empresas. O objectivo desta dissertação consiste em analisar o grau de cumprimento, de acordo com o disposto na IAS 38 – Intangible Assets – em matéria de divulgação dos activos intangíveis gerados internamente, em particular os dispêndios de pesquisa e desenvolvimento – P&D –, pelas entidades cotadas na Euronext Lisboa que integram o PSI20 – Portuguese Stock Index 20 – através da análise dos relatórios e contas anuais consolidados, no ano de 2011, e da aplicação das técnicas estatísticas univariada, bivariada, análise de regressão e análise de variância. No que respeita á relação entre a variável nível de divulgação (NDIV) e os factores endividamento (END), rendibilidade (RV), dimensão (D) e sector (ST), não foram validadas as hipóteses de investigação, mas concluiu-se que entre as variáveis NDIV e a RV da entidade existe uma correlação estatisticamente significativa, mas inversa. De acordo com estudos anteriores, concluiu-se que, praticamente, todos os indicadores de divulgação da informação em análise são de natureza financeira e que as empresas cotadas ainda não cumprem todas as exigências da IAS 38, no que respeita á divulgação de dispêndios de pesquisa e desenvolvimento.
The present study appears from the importance of the intangible assets theme including internally generated intangible assets. It is understood that the valorization proper and dissemination of the intangible assets are vital for the companies’ competitiveness. The purpose of this dissertation is to analyze the degree of compliance, in accordance with the disposed in IAS 38 – Intangible Assets – disclosure of internally generated intangible assets, in particular research and development expenditures – P&D – by listed in the PSI 20 – Portuguese Stock Index 20 – from the Euronext Lisbon, through analysis of reports and consolidated annual accounts, in the year of 2011, and applying the statistical techniques of univariate, bivariate, regression analysis and analysis of variance. Regarding the relationship between the level of disclosure (NDIV) and the indebtedness (END), the profitability (RV), the dimension (D) and the sector (ST) factors, were not validated the research hypotheses, but it was concluded which between the level of disclosure (NDIV) and profitability (RV) of the entity exists a statistically significant correlation, but with inverse relation. According to previous studies, it was concluded that virtually all indicators of disclosure under review are of a financial nature and that the listed companies still fail to meet all the requirements of IAS 38, in respect of disclosure of expenditures on research and development.
Descrição: Mestrado em Contabilidade
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3445
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Div. P&D em Portugal em 2011_Uma análise do PSI 20.pdf4,62 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.