Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3252
Título: O impacto do ensino de estratégias morfológicas no desenvolvimento da escrita: um estudo de intervenção
Autor: Pires, Maria de Fátima de Sousa
Orientador: Rosa, João
Palavras-chave: Consciência morfológica
Morfemas homófonos
Morphological awareness
Development of spelling
Homophone suffixes
Data de Defesa: Dez-2010
Citação: Pires, MFS. O impacto do ensino de estratégias morfológicas no desenvolvimento da escrita: um estudo de intervenção[Dissertation]. Escola Superior de Educação de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2010.
Resumo: O objectivo deste estudo é avaliar o impacto de uma intervenção baseada na aprendizagem de regras morfológicas na melhoria da correcção da escrita de palavras que terminam nos morfemas ou formas homófonas “-esa”/”-eza” e “-ice”/”-ice”, em alunos do 3º, 4º e 6ºanos. Participaram neste estudo 130 alunos do 3º, 4º e 6º anos de um agrupamento de escolas público. Do grupo Experimental fizeram parte 60 alunos. Os restantes alunos fizeram parte do grupo de Controlo. Aos 130 alunos, foi aplicado um pré-teste que consistia numa tarefa de escrita de palavras com os morfemas homófonos “-esa”/“-eza” e “- ice”/ ”-isse, tais como camponesa, tristeza, tolice ou fugisse. Os alunos foram também avaliados em tarefas de consciência morfológica e realizaram ainda uma prova de Raciocínio Aritmético (WISC III). A intervenção foi realizada com o Grupo Experimental, em três sessões. Finalizada a intervenção foi aplicado o pós-teste aos 130 alunos, utilizando-se os mesmos procedimentos e materiais do pré-teste. Testou-se a hipótese de que os alunos conseguem escrever com maior correcção palavras que terminam em morfemas homófonos, após terem aprendido estratégias morfológicas que tornam a sua discriminação completamente previsível. Os resultados mostraram que a intervenção teve um impacto específico e muito significativo na melhoria das competências de escrita das crianças e que esse desenvolvimento não poderia ser explicado por quaisquer diferenças de partida em consciência morfológica. Conclui-se que, em situações em que a criança não pode apelar a quaisquer instrumentos de análise fonológica, a explicitação de regras morfológicas fornece à criança um instrumento de pensamento que ela pode usar produtivamente em novas situações. O estudo indica ainda que é importante considerar a introdução do ensino de estratégias morfológicas em contexto escolar.
Abstract: The study aims to test the hypothesis that an intervention based on the teaching of morphological rules has a significant impact on the spelling of words that end in homophone suffixes ( e.g. “componesa” / “tristeza) or in homophone forms (e.g. “tolice” / “fugisse”) in the European variant of Portuguese. Those morphemes or forms take different spellings according to the morphological status of the word. One hundred and thirty children, attending the third, fourth and six grades, in state ran schools, were randomly allocated to an intervention and a control group and pre- and post-tested for spelling and morphological awareness. The intervention consisted of three sessions where explicit knowledge of the rules that allow for a complete discrimination of the spelling was learned and practiced. No intervention was made with the control group. Children in the intervention group were significantly better on their ability to discriminate the spelling of words. This effect was specific, as no differences were found in a measure of mathematical knowledge. The effect was also independent of the level of morphological awareness at pre-test. We conclude that, when the spelling can not rely on a phonological analysis of words children take a significant advantage of being taught explicitly about the morphological rationale that underlies the spelling and that makes its discrimination fully predictable. This empowers the children with reasoning skills that can be used, productively, on new situations.
Descrição: Dissertação de mestrado em ciências da educação especialidade educação especial
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3252
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O impacto do ensino de estratégias morfológicas no desenvolvimento da escrita.pdf798,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.