Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3138
Título: Práticas de inclusão com alunos com multideficiência no 1º Ciclo
Autor: Ferreira, Virgínia Maria Mota dos Santos
Orientador: Silva, Francisco Vaz da
Nunes, Clarisse
Palavras-chave: Inclusão
Multideficiência
Práticas educativas
Interações
Inclusion
Multiple disabilities
Educational practices
Interactions
Data de Defesa: Dez-2013
Citação: Ferreira, VMMS. Práticas de inclusão com alunos com multideficiência no 1º Ciclo [Dissertation]. Escola Superior de Educação de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2013.
Resumo: A inclusão de alunos com multideficiência nas escolas de ensino regular, é uma realidade crescente a que assistimos nos nossos dias e surge como um desafio aos agentes educativos e em particular aos docentes do ensino regular que lecionam as turmas que recebem estes alunos. Esta realidade exige mudanças não só ao nível da gestão e organização curricular, mas também ao nível das atitudes e das práticas educativas. O estudo teve com objetivos gerais conhecer: i) a opinião dos professores do 1º ciclo sobre inclusão e em particular a inclusão de alunos com multideficiência nas turmas de ensino regular; ii) as estratégias e as práticas educativas desenvolvidas pelos docentes do ensino regular no sentido de promoverem a inclusão dos alunos na sala de aula, iii) as dificuldades sentidas pelos docentes no processo de inclusão destes alunos e iv) as necessidades de formação específica dos docentes. Procuramos com este estudo conhecer a realidade de uma escola de 1º ciclo onde foi criada uma Unidade Especializada em Multideficiência, tratando-se por isso de um estudo exploratório, em que foi utilizada uma metodologia mista, uma vez que os dados obtidos foram tratados recorrendo a métodos qualitativos e quantitativos. Envolvemos no estudo, três docentes do 1ºciclo do ensino básico responsáveis por três turmas de 1º e 2º ano de escolaridade, onde estão incluídos quatro alunas com multideficiência. Os resultados mostram que os docentes do ensino regular concordam com a inclusão de alunos com multideficiência nas suas turmas, uma vez que facilita o desenvolvimento da socialização e promove a criação de interações. Contudo salientam a importância da existência de recursos materiais e humanos como condição fundamental para o sucesso desta inclusão. Relativamente às dificuldades sentidas pelos docentes, estas prendem-se com aspetos como, a gestão curricular; a comunicação; a falta de recursos humanos e materiais e ainda o desconhecimento da reação destes alunos face às atividades propostas. Quanto à formação, os docentes mencionam a necessidade de formação específica em multideficiência e em comunicação alternativa. Concluímos que a inclusão de alunos com multideficiência nas salas de ensino regular suscita ainda algum constrangimento nos docentes de ensino regular, que ainda não estão preparados para as mudanças exigidas, sobretudo ao nível das práticas educativas.
Abstract The inclusion of students with multiple disabilities in regular schools is a growing reality that we have witnessed in our days and is a challenge to educators and especially to teachers who teach in regular education classes that receive these students. This reality requires changes, not only in what concerns management and curriculum organization, but also in attitudes and educational practices. The study had as general purposes knowing: i ) the opinion of teachers of the 1st cycle about inclusion and in particular the inclusion of students with multiple disabilities in regular classes , ii ) the strategies and educational practices developed by teachers in regular education towards to promote the inclusion of students in the classroom , iii ) the difficulties faced by teachers in the process of inclusion of these students and iv ) the specific training needs of teachers. The study intention is to know the reality of a primary school where a Special Unit in Multiple Disabilities, was created. This is all about an exploratory searching, in which a mixed methodology was used, since the data were processed using qualitative and quantitative methods. Three primary education teachers were involved in the study, responsible for three classes of 1st and 2nd degree, which are included four students with multiple disabilities. . The results show that regular education teachers agree with the inclusion of students with multiple disabilities in their classes, since it increases the development of socialization and promotes interactions. However they emphasize the importance of material and human resources as critical to the success of this inclusion condition. With regard to the difficulties experienced by teachers, these are related to aspects such as, curriculum management, communication , lack of human and material resources as well as the unkwown reaction of those students facing the proposed activities. In what concerns training, the teachers mention the need for specific training in multiple disabilities and alternative communication. As a conclusion we can say that the inclusion of students with multiple disabilities in regular education, still raises some embarrassment among teachers, who are not still prepared for the required changes, particularly in terms of educational practices.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação, especialidade Educação Especial – Problemas Cognitivos e Multideficiência
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3138
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Práticas de inclusão com alunos com multideficiência.pdf1,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.