Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3120
Título: Comunicação em saúde e a segurança do doente: problemas e desafios
Outros títulos: Communication in health care and patient safety: problems and challenges
Autor: Santos, Margarida Custódio dos
Grilo, Ana Monteiro
Andrade, Graça
Guimarães, Teresa
Gomes, Ana
Palavras-chave: Psicologia da saúde
Segurança do doente
Comunicação
Cuidados centrados no doente
Passagem de turno
Equipa de saúde
Health psychology
Patient safety
Communication
Patient‑centered care
Handover
Health team
Data: 2010
Editora: Escola Nacional de Saúde Pública
Citação: Santos MC, Grilo A, Andrade G, Guimarães T, Gomes A. Comunicação em saúde e a segurança do doente: problemas e desafios. Rev Port Saúde Pública. 2010;28(vol. temático 10):47-57.
Resumo: A segurança do doente constitui um dos grandes desafios dos cuidados de saúde do séc. XXI. O reconhecimento da ocorrência de erros ou acidentes adversos com consequências gravosas para os doentes e para as instituições de saúde, levou, recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) a nomear comissões centradas na identificação de situações de risco e na elaboração de soluções que possam servir de recurso para a prevenção dessas situações. O resultado dos trabalhos destas comissões tornou evidente a importância da comunicação como determinante da qualidade e da segurança na prestação de cuidados. Neste artigo é abordada a problemática da comunicação em saúde e a sua relação com a segurança do doente, identificados problemas e apontadas algumas pistas para a sua prevenção. São especificamente referidos os principais problemas de comunicação entre os profissionais de saúde (nas passagens de turno e nas equipas de saúde) e entre estes profissionais e os doentes.
ABSTRACT - Patient safety is a major challenge for the XXI century health care. The recognition of inadvertent harm to patients as result of professional health care has, recently, led the World Health Organization (WHO) to appoint committees focused on identifying risk situations and developing solutions that can serve as a resource for the prevention of these adverse events. The outcome of these commissions has highlighted the importance of communication as a determinant of quality and safety in health care. In this article we address the issue of communication in health care and its relationship to patient safety, identifying problems and pointing out some clues to its prevention.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3120
ISSN: 0870-9025
Versão do Editor: http://www.ensp.unl.pt/dispositivos-de-apoio/cdi/cdi/sector-de-publicacoes/revista/2010/pdf/volume-tematico-seguranca-do-doente/6-Comunicacao%20em%20saude%20e%20a%20seguranca%20do%20doente.pdf
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Comunicação em saúde e a segurança do doente.pdf347,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.