Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/3057
Título: Valores de referência de robustez óssea avaliados próximo ao nascimento por ultrassonografia quantitativa em recém-nascidos de termo e pré-termo
Outros títulos: Reference values for bone strength assessed by quantitative ultrasound early after birth in term and preterm neonates
Autor: Pereira-da-Silva, Luís
Costa, Ana Brito
Pereira, Laura
Filipe, Ana Filipe
Virella, Daniel
Moreira, Ana Catarina
Serelha, Micaela
Mendes, Lino
Palavras-chave: Bone density
Ultrasonography
Infant, Newborn
Infant, Premature
Reference values
Term birth
Portugal
Data: Ago-2011
Editora: Ordem dos Médicos
Citação: Pereira-da-Silva L, Costa AB, Pereira L, Filipe AF, Virella D, Moreira AC, et al. Reference values for bone strength assessed by quantitative ultrasound early after birth in term and preterm neonates. Acta Med Port. 2011;24(4):561-4.
Resumo: Objectivo: Estabelecer valores de referência da robustez óssea nos primeiros dias de vida, em recém-nascidos de termo e pré-termo adequados para a idade de gestação nascidos em Portugal. Métodos: Foi medida a velocidade do som (VdS) (m/s) por ultrassonografia quantitativa, numa amostra sistemática de recém-nascidos adequados para a idade de gestação, de termo e pré-termo, respectivamente nos primeiros dois e cinco dias após o nascimento. Foi avaliada a homogeneidade de valores entre géneros e entre grupos de idade de gestação. Resultados: A amostra constou de 158 recém-nascidos, 34 de termo e 124 pré-termo (idade de gestação entre 26 a 41 semanas), com peso de nascimento de 595 g a 4195 g, 84 do sexo masculino (53,2%) e 20 gémeos (10,8%). A média da VdS aumenta significativamente com a idade de gestação. São providenciados valores de referência da VdS para os percentis 10, 25, 50, 75 e 90, para grupos de idade de gestação, sem distinção para o género. Conclusão: São disponibilizados valores de referência de VdS nos primeiros dias de vida, de recém-nascidos adequados para a idade de gestação, de termo e pré-termo, nascidos em Portugal. Estes valores reflectem a robustez óssea intrauterina e servem de referência basal para estudos evolutivos realizados em Portugal.
ABSTRACT - Aim: To obtain reference values for bone strength assessed early after birth for term and preterm neonates in Portugal. Methods: Speed of sound (SOS) (m/s) was measured using the quantitative ultrasound method in a systematic sample of appropriate-for-gestationalage term and preterm neonates, within the first two and five days after birth, respectively. Homogeneity of values between genders and between gestational age groups was assessed. Results: A sample of 158 neonates was enrolled, 34 full-term and 124 preterm (26-41 weeks of gestation), birth weights of 595g-4195g, 84 males (53.2%) and 20 twins (10.8%). The mean of the SOS significantly increases with gestational age. Reference values of SOS for gestational age groups are provided as 10th, 25th, 50th, 75th and 90th centiles without gender distinction. Conclusion: Reference values for SOS early after birth are made available for term and preterm appropriate-for-gestational age neonates, reflecting the intrauterine bone status, a baseline for follow-up studies on bone strength in Portugal.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/3057
ISSN: 1646-0758
Versão do Editor: http://www.actamedicaportuguesa.com/revista/index.php/amp/article/view/485/193
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Valores de referência de robustez ossea.pdf287,42 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.