Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2918
Título: Caracterização da formação em primeiros socorros: realidade em pequenas e médias empresas da região de Lisboa
Autor: Ramos, Afonso Manuel Nunes
Orientador: Pinheiro, Carla Teresa Munhoz
Palavras-chave: Saúde ocupacional
Acidente de trabalho
Primeiros socorros
Segurança no trabalho
Formação profissional
Occupational health
Work accident
First aid
Safety at work
Training program
Portugal
Região de Lisboa
Data de Defesa: 2013
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Ramos AM. Caracterização da formação em primeiros socorros: realidade em pequenas e médias empresas da região de Lisboa [Dissertation].Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2013.
Resumo: A prestação de primeiros socorros em ambiente laboral, assume mais do que uma obrigatoriedade legal, uma obrigação moral, de cidadania perante o próximo, numa palavra: cuidar; do colega, do amigo ou desconhecido. O objectivo foi caracterizar o nível de formação em primeiros socorros em PME´s da região de Lisboa, PME´s estas, de distintas actividades. Foi realizada pesquisa com base em documentos e registos, nomeadamente o Relatório Único (art.32º do dec.-lei nº 105/2009, de 14 Setembro). Os resultados expõem que, só cerca de 12%, de empresas tem formação em primeiros socorros, sendo a área dos serviços, aquela que possui menos formação (66,5%), no entanto tendo em conta a limitação da amostra, não podemos afirmar que a falta de formação em primeiros socorros está directamente relacionada com o tipo de actividades que as empresas exercem. Verificou-se que, todas as empresas possuem serviços de HST, sendo a maior parte desses serviços, externos, aproximadamente (97%), as restantes empresas, com serviços internos, mas com consultadoria externa para determinadas áreas. Igualmente relevante quanto à sua pertinência, é também, os 99% em que há ausência de posto médico nas instalações e dos quais, cerca de 38%, possuem equipas de primeira intervenção. A utilização da análise de risco da empresa na formação em primeiros socorros também só verificou em 1% da amostra. O contributo deste trabalho é o alerta para a necessidade do aumento na sensibilização das PME's, da importância da formação em primeiros socorros e a exigência da utilização da análise de risco nessa mesma formação.
ABSTRACT - The provision of first aid in the workplace, takes more than a legal obligation, but a moral obligation of citizenship to the other, in a word: take care of a colleague, friend or stranger. The aim was to characterize the level of first aid training in SME's in the region of Lisbon, being these SMEs from different activities. Search was performed on documents and records, including the Single Report (Art.32 of the Law No. 105/2009 of 14 September). The results expose that only about 12% of the companies have first aid training, being the area of services the one with lower level of education (66.5%), however due to the limited sample size, we can not say that the lack of first aid training is directly related to the type of activities performed by these companies. It was found that all companies have HS services, external in the majority of the cases (97%) and the others with internal services, but having external consultants for certain areas. An equally relevant result it is that from the 99% without medical facility on the premises, about 38% have teams of first responders. The use of the company risk analysis in first aid training was found in only 1% of the sample. The contribution of this work is the alert to the need to increase the awareness of SME's, the importance of training in first aid and the requirement of the use of risk analysis in that training.
Descrição: Mestrado em Higiene e Segurança no Trabalho
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2918
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Caracterização da formação em primeiros socorros.pdf707,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.