Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2670
Título: Caracterização da exposição e eventuais efeitos para a saúde da exposição profissional ao estireno nos ortoprotésicos
Autor: Catarino, Filipe Miguel dos Santos
Orientador: Gomes, Mário
Palavras-chave: Saúde ocupacional
Segurança no trabalho
Ortoprotesia
Exposição profissional
Estireno
Resina poliéster
Occupational health
Occupational safety
Prosthetists and orthotists
Occupational exposure
Styrene
Polyester Resin
Data de Defesa: 2012
Citação: Catarino FM. Caracterização da exposição e eventuais efeitos para a saúde da exposição profissional ao estireno nos ortoprotésicos [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2012.
Resumo: Com o presente trabalho pretende definir-se um protocolo de estudo que permita a avaliação da exposição ao estireno e dos efeitos para a saúde no ortoprotésico. Constituíram ainda objectivos do presente estudo, conhecer as actividades que envolvem exposição ao estireno, conhecer a maior via de exposição e identificar os potenciais efeitos para a saúde associados com a exposição a este agente químico e caracterizar a exposição e eventuais efeitos para a saúde da exposição profissional a estireno nos Ortoprotésicos. O estireno é um solvente orgânico amplamente usado na indústria, particularmente no fabrico de polímeros, plásticos reforçados e em várias actividades de laminação. As resinas poliéster são compostas por uma percentagem elevada de estireno. A exposição ocupacional a este produto ocorre principalmente por inalação. Posteriormente é metabolizado pelo fígado em ácidos mandélico e fenilglioxílico, que são excretados pela urina. Tal como outros solventes orgânicos, o estireno é tóxico para o sistema nervoso central e é classificado como possível cancerígeno. No âmbito da monitorização ambiental e biológica, foram identificados em vários estudos, os indicadores mais utilizados para medir e avaliar a exposição ao estireno: a concentração de estireno no ar e os biomarcadores, ácidos mandélico e fenilglioxílico, na urina e concentração de estireno no sangue. Foram ainda identificados os métodos de análise mais utilizados para a análise dos indicadores referidos: GC-FID para análise do ar, HPLC para análise da urina e GC-MS para análise do sangue.
ABSTRACT - The present work aims to set up a study protocol that allows the assessment of styrene exposure and health effects in prosthetic technicians. Specific objectives of this study are: knowing the activities involving exposure to styrene and the largest route of exposure and identify potential health effects associated with exposure to this chemical agent and characterize exposure and possible health effects of professional exposure to styrene in prosthetic technicians. Styrene is an organic solvent widely used in industry, particularly in the manufacture of polymers, reinforced plastics and several activities lamination. The polyester resin comprises a high percentage of styrene. The occupational exposure to this product occurs mainly by inhalation. It is then metabolized by the liver in mandelic and phenylglyoxylic acids, which are excreted in the urine. As other organic solvents, styrene is toxic to the central nervous system and is classified as a possible carcinogen. In the context of environmental and biological monitoring, the most commonly used indicators to measure and evaluate the exposure to styrene have been identified in several studies: styrene concentration in the air and the biomarkers, mandelic and phenylglyoxylic acids, in the urine and styrene concentration in the blood. Analytical methods commonly used for the analysis of indicators listed were also identified: GC-FID for air analysis, HPLC for urine analysis and GC-MS for blood analysis.
Descrição: Mestrado em Segurança e Higiene do Trabalho.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2670
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Caracterização da exposição e eventuais efeitos para a saúde da exposição profissional ao estireno.pdf8,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.