Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2628
Título: Perfil ecocardiográfico do doente com estenose aórtica degenerativa
Autor: Veloso, Maria La Salete Campos
Orientador: Fiúza, Manuela
Palavras-chave: Cardiologia
Estenose aórtica degenerativa
Calcificação
Esclerose aórtica
Ecocardiografia
Cardiology
Cardiology
Degenerative aortic stenosis
Calcification
Aortic sclerosis
Echocardiography
Data de Defesa: 2012
Citação: Veloso MS. Perfil ecocardiográfico do doente com estenose aórtica degenerativa [Dissertation]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2012.
Resumo: Introdução: A estenose aórtica representa uma redução da área de abertura sistólica da válvula aórtica. A estenose aórtica degenerativa é a doença valvular cardíaca mais comum no mundo ocidental, especialmente nos indivíduos de idade avançada. As várias comorbilidades e as inúmeras apresentações clínicas, presentes numa população cada vez mais envelhecida, evidenciam a importância da ecocardiografia na abordagem das valvulopatias, bem como na avaliação hemodinâmica em “real time”. Objectivos: Análise dos casos de doentes com estenose aórtica degenerativa severa que realizaram ecocardiograma no Hospital Santa Maria, em Lisboa, entre Outubro de 2005 e Maio de 2011, por forma a traçar o perfil ecocardiográfico dos doentes com esta patologia, identificar preditores, e estabelecer uma comparação com as caracte-rísticas gerais da doença previamente descritas na revisão bibliográfica. Material e Métodos: Procedeu-se à consulta e análise dos relatórios de ecocardiografia transtorácica de doentes com estenose aórtica degenerativa severa. A selecção de doentes foi feita a partir da base de dados Echopac, do laboratório de ecografia do Hospital de Santa Maria. Para obtenção de dados que não constavam no relatório (sintomatologia por ex.), foi estabelecido contacto telefónico com o respectivo doente. A análise e os outputs foram obtidos através do software PASW Statistics 18. Resultados: A amostra do estudo é constituída por 144 individuos, na sua maioria do sexo feminino, em que 81% tem 65 anos ou mais. Observa-se que 82% dos doentes tem hipertrofia concêntrica. O Ventrículo Esquerdo não está dilatado na grande maioria dos doentes (86%). Para cerca de 2/3 dos doentes, a função ventricular esquerda está conservada. A aurícula esquerda encontra-se dilatada (em 82% dos casos). 55% dos doentes apresenta hipertensão pulmonar (32% de grau moderado). A grande maioria dos doentes tem a válvula aórtica Calcificada (83%). Grande percentagem dos doentes é sintomático (76%) e posteriormente colocou prótese valvular. Doentes com idade ≥65 anos apresentaram mais dilatação auricular e disfunção diastólica. Verifica-se ainda que existe associação entre: (1) a velocidade máxima aórtica e o facto de ter ou não falecido; (2) o gradiente médio aórtico e ter ou não prótese aórtica e ser ou não sintomático. Conclusão: O estudo ecocardiográfico permitiu caracterizar estes doentes com hipertrofia concêntrica, dilatação auricular esquerda, disfunção diastólica e hipertensão pulmonar. Doentes com velocidade máxima aórtica ≥ 5 m/s apresentaram maior taxa de mortalidade e doentes com gradiente médio ≥50 mmHg evidenciaram-se mais sintomáticos e fizeram substituição valvular.
ABSTRACT - Introduction: Aortic stenosis results in a reduction of the opening area of systolic aortic valve. Degenerative aortic stenosis is the most common valvular heart disease in the Western world, especially in elderly. The several comorbidities and multiple clinical features, present in growing elderly population, show the importance of echocardiography in the approach of valvulopathies as well as hemodynamic evaluation in "real time". Objectives: Case studies of patients with severe degenerative aortic stenosis who underwent echocardiography at Hospital Santa Maria in Lisbon, between October 2005 and May 2011, in order to trace the echocardiographic profile of patients with this diagnosis, identify predictors and draw a comparison with the general characteristics disease previously described in the literature review. Methods: Analysis of transthoracic echocardiography reports of patients with severe degenerative aortic stenosis. The patient selection was made from the database EchoPAC, ultrasound laboratory at the Hospital Santa Maria. Obtaining data that were not included in the report (eg. symptoms) was established phone contact with the patient. The analysis and the outputs were obtained through the software PASW Statistics 18. Results: The study included 144 patients, mostly females, in which 81% are 65 years or older. It is observed that 82% of patients have concentric hypertrophy. The left ventricle is not dilated in most patients (86%). For about two thirds of patients, the left ventricular function is preserved. The left atrium is dilated (82% of cases). 55% of patients have pulmonary hypertension (32% moderate grade). Most patients have calcific aortic valve (83%). Large percentage of patients are symptomatic (76%) and subsequently placed valve prosthesis. Patients aged ≥ 65 years had more atrial dilatation and diastolic dysfunction. It was also found association of: (a) the V.max aortic and the mortality rate (2) the mean gradient and acquire aortic prosthesis and be symptomatic. Conclusion: The echocardiographic study allowed us to characterize these patients with concentric hypertrophy, left atrial dilatation, diastolic dysfunction and pulmonary hypertension. Patients with aortic V.max ≥ 5 m/s had a higher mortality rate and patients with mean gradient ≥ 50 mmHg are more symptomatic and have undergone valve replacement.
Descrição: Mestrado em Tecnologia de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular - Área de especialização: Ultrassonografia Cardiovascular.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2628
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Perfil ecocardiográfico do doente com estenose aórtica degenerativa.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.