Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2520
Título: Materialidade em auditoria: o problema da sua aplicação prática
Autor: Magalhães, Sofia Alexandra Martins
Orientador: Alves, Gabriel Correia
Palavras-chave: Auditoria
Materialidade
Expectation Gap
Informação Financeira
Auditing
Materiality
Financial Information
Data de Defesa: Dez-2010
Resumo: A ocorrência de grandes escândalos financeiros na última década, um pouco por todo o mundo, provocou uma crise de confiança na informação financeira prestada pelas empresas e levou à discussão de conceitos como Corporate Governance e Expectation Gap e a uma “revolução” no mundo da auditoria. A necessidade de confiança na opinião dos auditores conduziu à discussão acerca de como é que o trabalho de auditoria é realizado, em que “bases” é que o auditor determina o que analisar e, por último, como decide o que é material ou não. Esta discussão traz a si associado o conceito de materialidade. O objectivo deste estudo é compreender os aspectos inerentes à determinação da materialidade e a sua importância, tanto no planeamento como na avaliação de resultados. O presente trabalho está estruturado em sete capítulos, correspondendo os cinco primeiros ao enquadramento teórico do tema, realizado através de revisão de literatura. No sexto capítulo explicita-se a investigação empírica realizada sobre a forma como a materialidade é entendida e utilizada pelas Sociedades de Revisores Oficiais de Contas (SROC) em Portugal. Terminamos com a conclusão do estudo, em que, para além das conclusões obtidas, se indicam os problemas e obstáculos encontrados ao longo do mesmo, bem como possibilidades de investigação futura.
The occurrence of various bankruptcies were responsible for a confidence crisis in financial markets, that led to a “revolution” in the understanding of concepts such as “corporate governance” and “expectation gap”. The need for confidence in the opinion of the auditor about the financial information leads us to discuss the problem of how the work is conducted, in which bases the auditor decides what to analyse and what is relevant or not to modify its opinion. This brings us to the concept of materiality and allows us to understand its importance. The aim of this work is to understand the underlying aspects of the definition of materiality and its importance in the two main phases of the audit work: planning and result evaluation. This study is organized in seven chapters, being the first five based on literature about the subject. The sixth chapter is a practical study on how materiality is used in Portuguese auditing companies.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2520
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MATERIALIDADE EM AUDITORIA O PROBLEMA DA SUA APLICAÇÃO PRÁTI.pdf2,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.