Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2508
Título: Gripe e os estudantes da área da saúde: estudo de crenças e comportamentos face à doença
Autor: Coelho, André
Costa, Ana Margarida
Pedro, João Mário
Guimarães, Teresa
Palavras-chave: Sociologia da saúde
Gripe
Meio escolar
Ensino superior
Crença de saúde
Data: Out-2006
Citação: Coelho A, Costa AM, Pedro JM, Guimarães T. Gripe e os estudantes da área da saúde: estudo de crenças e comportamentos face à doença. In IV Congresso de Epidemiologia, Cascais, 11-13 de Outubro de 2006. Comunicação oral.
Resumo: Gripe constitui uma situação clínica que evolui habitualmente sem complicações e que se resolve em alguns dias, apenas com o recurso a tratamento sintomático. O surgimento de uma crise de pandemia de gripe poderá naturalmente vir a alterar este quadro, apelando para uma intervenção diferenciada, a todos os níveis, dos profissionais de saúde. Dimensões cognitivas das crenças de uma doença: identidade (diagnóstico e sintomas); causa percepcionada da doença (causas biológicas e/ou psicossociais); dimensão temporal (tempo que a doença irá durar); consequências (físicas, emocionais ou combinação dos dois tipos); possibilidade de cura e controlo (crenças de que a doença pode ser prevenida, controlada e/ou curada). Objectivo: identificar os conhecimentos que os jovens adultos, estudantes da área de saúde, têm em relação à gripe, bem como as crenças predominantes que lhe associam, procurando determinar a sua influência nos seus comportamentos relacionados com a doença.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2508
Aparece nas colecções:ESTeSL - Comunicações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Gripe e os estudantes da área da saúde.pdf130,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.