Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2491
Título: A motivação dos colaboradores nas organizações em contexto de crise económica
Autor: Figueiredo, Helena Rute Caetano
Orientador: Martins, José Duarte Moleiro
Palavras-chave: Motivação
Crise económica
Colaboradores
Organização
Motivation
Economic crisis
Employees
Companies
Data de Defesa: Jan-2012
Resumo: O presente estudo propõe-se analisar o impacto da crise económica na motivação dos colaboradores, tendo como variáveis: a remuneração, as tarefas, o relacionamento interpessoal, a liderança, a actuação da organização e as condições de trabalho. Identificou-se um conjunto de hipóteses, com base em grupos demográficos, que foram posteriormente testadas. No sentido de (i) recolher os dados demográficos dos respondentes, (ii) perceber, em termos gerais, quais os factores determinantes da motivação e (iii) perceber quais os factores mais e menos valorizados num cenário de crise económica, efectuou-se um questionário. De acordo com as 204 respostas obtidas, foi possível verificar que o contexto de crise económica influencia os factores determinantes da motivação. Assim: (i) a remuneração é dos factores mais importantes para ambos os géneros, contudo não é consensual pois, a par com as tarefas exercidas, também é apontada como um dos factores menos importantes; (ii) as mulheres atribuem menos importância à cultura organizacional que os homens, enquanto estes valorizam mais as tarefas que as mulheres; (iii) os respondentes com idades até aos 40 anos valorizam mais a remuneração e a ética que os respondentes com mais de 40 anos, sendo que estes mostram-se mais indiferentes à crise; (iv) os respondentes com habilitações literárias iguais ou inferiores ao 12º ano valorizam mais as tarefas do que os respondentes com habilitações literárias iguais ou superiores ao bacharelato, sendo que estes últimos valorizam mais a remuneração. Num ambiente de crise económica sugerem-se práticas de gestão de recursos humanos transparentes, que aumentem o compromisso para com a organização.
The present study aims to examine the effect of economic crisis on workers motivation by analyzing the relevance of remuneration, tasks, interpersonal relationship, leadership and conditions of work, having identified a set of hypotheses later tested. A survey was made to (i) collect the demographic data of the respondents, (ii) to perceive, in general terms, which are the motivation key-factors and (iii) to perceive which are the factors that are more and lesser valued in a crisis context. According with the 204 answers it was possible to assess that the economic crisis has a major influence in the motivation key-factors. Given so: (i) the salary is the most important factor for both genders; (ii) although, as it happens with the tasks, the wages are also pointed as one of the less important factors; (iii) the organizational behavior is less valued by the female than the male gender and, this one gives more importance to the tasks than the female gender; (iv) the respondents up to the age of 40 years old consider more important the wages and ethics than the respondents over 40 years old, in fact these ones show themselves indifferent to the economic crisis scenario; (v) the respondents with the education level up the 12th year give more relevance to the tasks than the respondents with higher educational level. In a scenario of economic crisis it is suggested to endure transparent human resources practices that will be able to maximize the organizational commitment of employees.
Descrição: Mestrado em Controlo e Gestão dos Negócios
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2491
Aparece nas colecções:ISCAL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A motivacao dos colaboradores em contexto crise_FINAL.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.