Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2332
Título: Cianobactérias e toxicidade: impacte na saúde pública em Portugal e no Brasil
Outros títulos: Cyanobateria and toxicity: public health impact in Portugal and Brazil
Autor: Bellém, Fernando
Nunes, Susana
Morais, Manuela
Fonseca, Rita
Palavras-chave: Saúde pública
Cianobactérias
Toxicidade
Public health
Cyanobacteria
Bloom
Toxins
Portugal
Brasil
Data: 2012
Editora: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Bellém F, Nunes S, Morais M, Fonseca R. Cianobactérias e toxicidade: impacte na saúde pública em Portugal e no Brasil. Rev Bras Geografia Física. 2012;5(6):1374-89.
Resumo: Um aumento da concentração de nutrientes na água poderá desencadear fluorescências de cianobactérias (densidades >200 cel/mL). Sob determinadas condições as cianobactérias produzem toxinas responsáveis pelo envenenamento de animais e humanos. O objetivo deste estudo é relacionar a ocorrência de fluorescências toxicas em Portugal e no Brasil. Para tal, em 2005 e 2006 foi estudado o fitoplâncton em três reservatórios em Portugal (região sul) e dois no Brasil (Minas Gerais e Pará). Comparativamente foi verificado maior diversidade nos reservatórios portugueses, com dominância de cianobactérias em período de primavera/verão/outono, pertencentes a géneros produtores de hépato e neurotoxinas (Microcystis sp, Aphanizomenon sp, Oscillatoria sp e Planktothrix sp.). No Brasil observou-se dominância de cianobactérias ao longo de todo o ano, com presença de Microcystis aeruginosa, produtora de hepatotoxina. Conclui-se que os reservatórios estudados apresentam géneros produtores de toxinas, com risco para a saúde pública, sendo fundamental implementar medidas que contribuam para mitigar esta situação. - ABSTRACT - An increasing of nutrients in water can conduct to the development of cyanobacteria blooms (density>2000 cels/mL). Under specific conditions cyanobacteria produce toxins responsible for acute poisoning of animals and humans. The aim of this study is to describe toxic blooms in Portugal and Brazil. Therefore, phytoplankton from three Portuguese reservoirs (South region) and two from Brazil (Minas Gerais and Pará) were studied in 2005 and 2006. Portuguese reservoirs showed more diversity with dominance of hepatic and neurotoxin genera producers (Microcystis sp, Aphanizomenon sp, Oscillatoria sp e Planktothrix sp.) along spring/summer/autumn seasons. In Brazil dominance of cyanobacteria was observed all along the year with the presence of Microcystis aeruginosa hepatotoxic producer. The studied reservoirs present toxins producers’ genera, with risk for public health, being fundamental the implementation of mitigation measures to reverse this situation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2332
ISSN: 1984-2295
Versão do Editor: http://www.ufpe.br/rbgfe/index.php/revista/article/view/519/362
Aparece nas colecções:ESTeSL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Cianobactérias e toxicidade.pdf665,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.