Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2326
Título: Práticas de inclusão de alunos com perturbação do espectro do autismo no 1º Ciclo
Autor: Ferreira, Ana Paula Garcia
Orientador: Madureira, Isabel
Palavras-chave: Autismo
Inclusão
Professores
Práticas
Autism
Inclusion
Teachers
Practices
Data de Defesa: Dez-2012
Resumo: Com a publicação do decreto-lei nº3/2008, de 7 de janeiro surgiu a possibilidade de os alunos com perturbação do espectro do autismo serem educados nas escolas, criando-se, para tanto, unidades de ensino estruturado, que apoiam a sua inclusão. Esta envolve necessariamente a participação dos professores e, nessa medida com o presente estudo procurou-se conhecer e identificar: i) a opinião de professores do 1º ciclo sobre a inclusão dos alunos com PEA e sobre as Unidades de Ensino Estruturado; ii) as práticas desenvolvidas no sentido da inclusão destes alunos na sala de aula; iii) as dificuldades sentidas na prática pedagógica; e iv) a importância atribuída à formação contínua. Trata-se de um estudo exploratório, de natureza qualitativa, que envolveu três professores do 1º ciclo do ensino básico de um agrupamento, que integram nas suas turmas alunos com perturbação do espectro do autismo. Em termos de metodologia, as técnicas de recolha de dados privilegiadas foram a entrevista e a realização de observações naturalistas nas salas de aula. Os resultados sugerem que os professores aceitam a inclusão, e que, para esta aceitação em muito contribui a existência na escola de uma unidade de ensino estruturado, com os necessários recursos físicos e humanos. Em termos de inclusão foi possível constatar a existência de diferentes processos e percursos, que dependem não apenas do grau de severidade da perturbação, mas também dos recursos humanos existentes. As dificuldades dos docentes decorrem sobretudo do receio que sentem perante os comportamentos dos alunos, e da falta de conhecimento sobre as formas de intervenção, sendo nestes aspetos que se evidenciam as necessidades de formação contínua. A unidade de ensino estruturado, ao assumir a responsabilidade de organizar e planificar todo o processo educativo, não implicando os professores do ensino regular, torna-se mais uma sala dentro da escola, podendo, paradoxalmente, inibir a desejada mudança de atitudes e práticas dos docentes. - Abstract With the publication of the decreet-low nº3/2008, on the 7 January, it has emerged the possibility for children with autism spectrum disorders be educated in the regular schools, purposely, units of structured teaching were established is support of their inclusion. This requiring the teachers diligence and, only them, by using the present studies, it was feasible to discover and to identify: i) the opinion of the primary education teachers, concerning the inclusion of pupils with autism spectrum disorders and about the units of structured teaching; ii) the practices developed in order to take concerning the inclusion of this students in the classroom; iii) the difficulties felt on the pedagogical practice; and iv) the importance assigned to permanent formation. This is all about an exploratory searching of a qualitative nature, involving three primary education teachers within a group in school that welcomes is their classes pupils with autism spectrum disorders. Regarding the methodology, the privileged techniques of collecting results were the interviews and the realization of naturalistic observations in the classrooms. The results suggested that the teachers accept the inclusion and for that become successful, is very important to have a structured teaching unit at the school, with the necessary physical and human resources. Regarding the inclusion, it was possible to find the existence of different procedures and ways, depending not only on level of the disorders, but also on the existent human resources. The teachers’ difficulties occur mainly when confronted with the pupil’s behavior and the lacking in knowledge as how to intervene, being these what evidence the needs for permanent training. The structured teaching unit when assuming task of organizing and planning the whole educational process without involving the teachers of the regular teaching, for it becomes another classroom within the same school, which could, paradoxically, obstruct the expected change in the teachers’ attitudes and practices.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação, especialidade Educação Especial – Problemas Cognitivos e Multideficiência
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2326
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Práticas de Inclusão de Alunos com Perturbação do Espectro.pdf1,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.