Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2321
Título: Conceções e práticas dos professores de língua portuguesa em relação ao ensino e à aprendizagem da gramática: um estudo exploratório no 2.º ciclo do ensino básico
Autor: Ferreira, Patrícia do Nascimento Casanova Santos
Orientador: Pereira, Susana
Leite, Teresa
Palavras-chave: Ensino
Aprendizagem
Gramática
Conceções dos professores
Formação
Orientações curriculares
Terminologia gramatical
Teacher training needs
Grammar in the curriculum
Grammar metalanguage
Data de Defesa: Dez-2012
Resumo: A investigação tem mostrado a influência de fenómenos tácitos,como as crenças ou conceções, no comportamento dos professores, evidenciando a necessidade de se conhecerem estes aspetos implícitos, de forma a explicitá-­los e a atuar sobre eles através da formação e do desenvolvimento profissionais. Este estudo explora as conceções dos professores do 2.º Ciclo do Ensino Básico (CEB)face ao processo de ensino e aprendizagem da gramática, procurando: i) conhecer conceções dos professores de Língua Portuguesa do 2.º CEB em relação ao ensino e à aprendizagem da gramática; ii) conhecer opiniões dos professores de Língua Portuguesa do 2.º CEB em relação ao Dicionário Terminológico (DT); iii) conhecer opiniões dos professores de Língua Portuguesa do 2.º CEB face ao Conhecimento Explícito da Língua (CEL); iv) conhecer práticas dos professores de Língua Portuguesa do 2.º CEB em relação ao ensino e à aprendizagem da gramática; e v) identificar necessidades de formação dos professores de Língua Portuguesa do 2.º CEB em relação ao ensino da gramática. O trabalho foi desenvolvido através da realização de um estudo multicasos, de natureza exploratória, inserido no paradigma interpretativo, focado em seis professores de Português, língua materna, e em seis turmas do 2.º CEB, de três escolas do distrito de Lisboa, no ano letivo 2011–2012. A informação foi recolhida através das técnicas da observação direta e da entrevista. Concluímos que nem sempre se verifica uma linearidade entre a prática e o discurso, tendo ocorrido situações de incoerência entre as práticas observadas e as manifestações verbais dos docentes em contexto de entrevista. Por outro lado, os professores reconhecem a importância do conhecimento gramatical e a sua influência no sucesso em outras competências do modo oral ou escrito. No entanto, nem todos valorizam esse conhecimento do mesmo modo relativamente às restantes competências nucleares da língua. Os docentes revelaram, ainda, dificuldades ao nível da atualização exigida pelo tempo de transição em que vivemos e do conhecimento científico e didático. - ABSTRACT Research has revealed the influence of tacit phenomena, such as beliefs, on teacher’s behaviour, enhancing the need to discern these implicit aspects in order to make them explicit and to act upon them by means of professional training and development. This study explores 5th and 6th grades’ teachers’ beliefs towards the process of teaching and learning grammar, attempting to: i) discern 5th and 6th grades’ Portuguese Language teachers’ beliefs towards the process of teaching and learning grammar; ii) discern 5th and 6th grades’ Portuguese Language teachers’ views regarding Dicionário Terminológico; iii) discern 5th and 6th grades’ Portuguese Language teachers’ views regarding Conhecimento Explícito da Língua; iv) discern 5th and 6th grades’ Portuguese Language teachers’ practices regarding teaching and learning grammar; v) identifying 5th and 6th grades’ Portuguese Language teachers’ needs for training as far as teaching and learning grammar are concerned. The work was developed through a multicase study, of exploratory nature, incorporated in the interpretive paradigm, focusing on six Portuguese, native language, teachers and on six 5th or 6th grades classes, from three schools in the district of Lisbon, in the academic year 2011 – 2012. Data was collected through the techniques of direct observation and interview. We conclude that practice and speech aren’t always linear. Some inconsistencies occurred between observed practices and verbal manifestations of teachers while interviewed. On the other hand, teachers acknowledge the relevance of grammar knowledge and its influence on the success of other oral or written competences. However, not all of them value that knowledge in the same way relatively to the other nuclear competences. Teachers have also shown difficulties regarding the required adjustment to these transitional times that we live in and regarding scientific and didactic knowledge.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Didática da Língua Portuguesa no 1.º e no 2.º Ciclos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2321
Aparece nas colecções:ESELx - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Conceções e praticas dos profissionais de língua portuguesa.pdf5,29 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.