Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2318
Título: Efeito da imobilização na radioterapia do cancro do pulmão
Autor: Silva, Lina Márcia Custódio da
Orientador: Costa, Paulo
Eiras, Margarida
Palavras-chave: Radioterapia
Cancro do pulmão
Sistemas de imobilização
Radioterapia estereotáxica extracraneana fraccionada
Erros de interfracção
Erros de intrafracção
Radiotherapy
Lung cancer
Immobilization systems
Stereotactic radiotherapy
Interfraction errors
Intrafraction errors
Data de Defesa: 2012
Editora: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Citação: Silva LM. Efeito da imobilização na radioterapia do cancro do pulmão [Dissertação]. Lisboa: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa/Instituto Politécnico de Lisboa; 2012.
Resumo: A precisão e reprodutibilidade do posicionamento tornou-se um dos principais objectos de interesse desde o desenvolvimento da Radioterapia conformacional a 3D. Quando realizamos tratamentos de grande precisão, como Radioterapia estereotáxica fraccionada extracraneana, este assunto é também de grande importância. O objectivo deste estudo é avaliar três sistemas de posicionamento e imobilização (apoio de pulmão, colchão de vácuo e Body Pro- Lok™) no que diz respeito à sua capacidade de reprodutibilidade do posicionamento e minimização dos erros intrafracção. Estes dados podem ser usados para optimizar o posicionamento dos pacientes que realizem Radioterapia estereotáxica fraccionada extracraneana ou Radioterapia conformacional a 3D. Os movimentos interfracção e intrafracção de 9 pacientes (11 lesões) que realizaram Radioterapia estereotáxica extracraneana fraccionada, imobilizados com apoio de tórax (3), colchão de vácuo (6) e Body Pro- Lok™ (2), foram analisados. Foram realizadas imagens recorrendo ao equipamento On Board Imager-OBI. Para cada grupo, foi calculado separadamente o movimento interfracção e intrafracção para o tumor e paciente. O movimento interfracção do tumor é bastante semelhante para os três sistemas. O movimento intrafracção do tumor é ligeiramente maior para o apoio de pulmão (3.0 mm) em relação aos outros sistemas (2.4 mm, para o colchão de vácuo e Body Pro-Lok™). O apoio de pulmão garante uma menor reprodutibilidade do posicionamento do paciente (6.4 mm de movimento na estrutura óssea) em relação aos outros sistemas (4.7 mm, para o colchão de vácuo e Body Pro-Lok™), e garante uma menor imobilização do paciente ao longo do tratamento, 4.4 mm, 3.2 mm e 2.3 mm, para o apoio de pulmão, colchão de vácuo e Body Pro- Lok™, respectivamente. Tanto o colchão de vácuo como o Body Pro- Lok™ são os sistemas de posicionamento e imobilização que devem ser utilizados na Radioterapia estereotáxica extracraneana fraccionada já que garantem um menor movimento intrafracção do tumor e do paciente. - ABSTRACT - The accuracy and reproducibility of patient setup have become one of the main subjects of interest since the development of conformal radiotherapy. When we performed treatments with high precision, as stereotactic radiotherapy, this subject is also of great importance. The purpose of this study is to evaluate three systems for positioning and immobilization (posirest support, vacuum bag and Body Pro-Lok™) with respect to its ability to setup reproducibility and minimization of intrafraction errors. These data can be used to optimize the placement of patients to perform stereotactic radiotherapy or conformal radiotherapy. The movements interfraction and intrafraction of 9 patients (11 lesions) who underwent stereotactic radiotherapy immobilized with posirest support (3), vaccum bag (6) and Body Pro-Lok™(2), were analyzed. Images were performed using the equipment On Board Imager-OBI. For each group was calculated separately the movement interfraction and intrafraction for tumor and patient. The interfraction movement of the tumor is quite similar for the three systems. The intrafraction movement of the tumor is slightly higher for the posirest support (3.0 mm) in relation to other systems (2.4 mm, for the vaccum bag and Body Pro-Lok™). The posirest support ensures a lower reproducibility of positioning of the patient (6.4 mm of movement in bone structure) in relation to other systems (4.7 mm, for the vaccum bag and Body Pro-Lok™), and ensures less immobilization of the patient during treatment, 4.4 mm, 3.2 mm e 2.3 mm, for the posirest support, vaccum bag and Body Pro- Lok™, respectively. Both the vaccum bag as the Body Pro- Lok™ are the immobilization and positioning systems to be used in stereotactic radiotherapy bacause guarantees a slightest intrafraction movement of the tumor and the patient.
Descrição: Mestrado em Radiações Aplicadas às Tecnologias da Saúde. Área de especialização: Terapia com Radiações.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2318
Aparece nas colecções:ESTeSL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Efeito da imobilização na radioterapia do cancro do pulmão.pdf543,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.