Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/2277
Título: Lado a lado
Autor: Fernandes, João Carlos Martins Parreira
Orientador: Xavier, Madalena
metadata.dc.contributor.other: Moreira, Catarina ; Rodrigues, Iolanda
Palavras-chave: Métodos e processos de criação
Papel do criador contemporâneo
Ensino vocacional e privado
Dança
Singularidade do intérprete
Criação coreográfica
Data de Defesa: Jun-2012
Resumo: A Criação Coreográfica Contemporânea pode ter múltiplas abordagens no que diz respeito aos seus métodos e processos. Cada coreógrafo revela preferências na escolha dos mesmos, seja por opções pessoais, de organização ou simplesmente pelas visões da dança que contempla e que foi alterando ao longo do seu percurso, através da interacção com a sua ferramenta de trabalho – o intérprete. O projecto coreográfico Lado a Lado pretende mostrar uma dualidade, quebrando ambiguidades criadas à volta das abordagens sobre a criação contemporânea. Através de integração de intérpretes de duas instituições de formação diferentes, nomeadamente o ensino vocacional e o ensino privado, foi possível experienciar a utilização de métodos e processos coreográficos diferentes mediante um estímulo comum, numa realidade pedagógica e artística, aplicável na realidade profissional do criador contemporâneo. A clarificação através das macroestruturas de cada peça, serve para explicitar os métodos utilizados mediante as dificuldades, que foram surgindo no decorrer do processo de trabalho entre intérpretes e criador. As duas peças – Retalhos e Corpus - que surgiram deste trabalho com estas duas instituições de formação adquiriram estéticas diferentes, embora grande parte dos seus objectivos, nomeadamente os que remetem para os conceitos como motivação e a procura e valorização da singularidade do intérprete, associados a conteúdos artísticos coreográficos e pedagógicos, fossem semelhantes. Na globalidade, estas criações coreográficas contemporâneas resultaram numa apresentação pública, no Teatro José Lúcio da Silva, inserida no festival MetaDança2012 – Rio, Cidade e Património, na cidade de Leiria e proporcionou ao longo do processo de criação uma reflexão mais profunda sobre o papel do criador contemporâneo e às adaptações que sofre mediantes factores que estão intimamente ligados às suas experiências como artista. Em suma, pretende-se desmistificar o uso dos processos de criação coreográfica contemporânea em função da realidade plural com que o criador contemporâneo se depara diariamente na sua prática.
Descrição: Relatório Final de Projecto de Criação apresentado à Escola Superior de Dança, com vista à obtenção do Grau de Mestre na Especialidade de Criação Coreográfica Contemporânea.
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/2277
Aparece nas colecções:ESD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RF_PC_MCC-2012FerJoa.pdfRelatório final81,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.