Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.21/1949
Título: Complexidade do regime terapêutico geriátrico: doentes institucionalizados versus doentes em ambulatório
Autor: Advinha, Ana
Soares, Maria Augusta
Faísca, Vanessa Mateus
Graça, Anabela
Pajote, Sara Grou
Lopes, Manuel José
Fernandez-Llimós, Fernando
Cabrita, José
Morais, José
Palavras-chave: Farmácia
Farmacologia
Geriatria
Polimedicação
Medicina em ambulatório
Prática clínica
Farmacoterapia
Data: Jun-2011
Citação: Advinha A, Soares MA, Faísca VM, Graça A, Pajote SG, Lopes MJ, Fernandez-Llimós F, Cabrita J, Morais J. Complexidade do regime terapêutico geriátrico: doentes institucionalizados versus doentes em ambulatório. In Conferência Ibero-Americana das Faculdades de Farmácia, Lisboa, Junho de 2011. Poster.
Resumo: O envelhecimento populacional representa um fenómeno demográfico crescente e um importante problema social, o que tem despoletado o interesse dos investigadores pela geriatria e pela gerontologia. A falta de suporte doméstico, familiar e social pode muitas vezes conduzir a problemas de adesão e gestão da terapêutica nos idosos. Por vezes, o internamento em lares de terceira idade constitui o único meio de obtenção de cuidados de saúde de que necessitam. O envelhecimento surge também acompanhado por alterações fisiológicas, metabólicas e funcionais que conduzem a alterações farmacocinéticas e farmacodinâmicas. As múltiplas patologias do idoso associam-se inevitavelmente à toma de medicamentos que muitas vezes resulta em polimedicação. Com o aumento de consumo de medicamentos e a diminuição das capacidades do idoso para gerir a sua terapêutica, torna-se fundamental efectuar a determinação da complexidade do regime terapêutico, tanto pelas implicações em termos de adesão à medicação como pelos resultados clínicos. A complexidade do regime terapêutico de um indivíduo caracteriza-se por ser um elemento conciliador de diversos factores da sua farmacoterapia, como sejam, o número de medicamentos tomados, as formas farmacêuticas, as frequências de dose e as indicações adicionais.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.21/1949
Aparece nas colecções:ESTeSL - Posters

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Complexidade do regime terapêutico geriátrico.pdf968,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.